Muçulmano lê panfleto evangelístico e se converte

O Alcorão é o livro sagrado dos Muçulmanos. Foto ilustrativa

Um professor pegou o folheto das mãos de seu aluno. Após ler, não podia imaginar que aquela mensagem mudaria sua vida. Acabou se convertendo.

Um professor islâmico trabalhou durante anos ensinado a crianças sobre a doutrina do Alcorão em uma escola religiosa anexada a uma mesquita na África. Em uma das aulas, flagrou um folheto evangelístico. O professor chegou a ficar bravo. E exigiu do aluno uma explicação e ainda o advertiu.O curiosos é que ele pegou o panfleto da mão do aluno, e guardou o material, pensando em mostrá-lo aos líderes religiosos da mesquita e ‘denunciar’ o garoto. Ele acreditava que isto os levaria a descobrir quem estava evangelizando naquela região.Como ele não conseguiu encontrar nenhum dos líderes quando o horário de aulas terminou, ele voltou para sua casa. Ele Leu o folheto. E quando viu à parte que afirmava não haver “salvação em mais ninguém, porque não há outro nome sob o céu dado às pessoas pelas quais elas possam ser salvas” algo – que ele não tinha certeza do que era impressionou e ficou preso em sua mente.Naquela noite, Jesus veio a ele em um sonho. “Eu sou o caminho e a verdade e a vida”, ele anunciou a Davood no sonho. “Ninguém vem ao Pai Celestial senão por mim”.

Quando amanheceu, o professor voltou a ler o folheto evangelístico e encontrou um número de contato no verso do papel. O número era do telefone de um pastor. O muçulmano conversou o líder cristão. Fez perguntas. E após a oração, se entregou a Jesus.