back to top
24.4 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Movimento destaca ‘missão’ da igreja com refugiados no Brasil

Foto: FreePik

O Domingo da Igreja Acolhedora chama a atenção para a necessidade de apoiar os recém-chegados ao país, além de anunciar as Boas-Novas do Evangelho  

Por Patricia Scott 

No ano passado, houve um crescimento exponencial no número de casos de refugiados analisados pelo Conare, em comparação com 2022. No último ano, foram proferidas 140 mil decisões de refugiados, das quais 77,3 mil foram aprovadas, representando mais de 55% dos pedidos. O Brasil abrigava cerca de 593 mil refugiados, no início de 2023, incluindo venezuelanos, haitianos e afegãos, conforme a ACNUR (Agência da ONU para refugiados).

Sendo assim, a ‘missão’ da igreja também é prestar assistência a essas pessoas, além de anunciar as Boas-Novas do Evangelho aos recém-chegados ao país. Por isso, no dia 16 de junho, véspera do Dia Internacional do Refugiado, será realizado o Domingo da Igreja Acolhedora.

O movimento global tem como foco destacar a importância do acolhimento dessas pessoas, que deixaram o país de origem devido a diversos fatores, como guerra, conflitos, questões econômicas. As igrejas participantes poderão acessar recursos para orientar a liturgia do culto, além de motivos de oração, no site do movimento Como Nascido Entre Nós.

- Continua após a publicidade -

Há ainda um material especialmente voltado para as crianças. Ele pode ser adaptado às faixas etárias, como também ser reproduzido ou ajustado. O objetivo é envolver os pequenos na data de maneira participativa e dinâmica de modo a entenderem a fé cristã de amor, paz, respeito, misericórdia e graça.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -