Moto Clube: Pilotando para a vida

Motoclube_1-1
Foto: Instagram

O Lord Riders Moto Clube evangeliza pessoas e leva conscientização no trânsito nas ruas de Curitiba, Paraná

Em Curitiba, existe um grupo que está cumprindo o “ide” de Cristo de uma maneira diferente do convencional. É o Lord Riders Moto Clube, que atua na capital paranaense e também em outras cidades do Estado. A intenção é evangelizar, com apoio espiritual. E ao mesmo tempo, treinar pessoas para pilotar motos.

Missão sob duas rodas: O Ide de moto

Lord Riders Moto Clube foi fundado em 2015 pelo pastor da Igreja Metodista do Bacacheri e capitão aposentado da Polícia Militar, Paulo Quinelato. O principal objetivo é promover o discipulado e acolher pessoas.

“Deus me deu esse sonho em 2004. Durante o meu tempo no seminário, fui desafiado a criar esse grupo de motoqueiros com uma missão: pregar o evangelho e ajudar na conscientização de pessoas sobre os perigos do trânsito”, conta.

Motoclube_21
Foto: Instagram
Espiritual e treinamento

O moto clube atua em duas frentes: espiritual, em que os participantes se encontram para orações, cultos e promovem o discipulado entre eles. A outra é ações sociais.

A mais conhecida delas é o projeto “Pilotando para a vida”. Que tem o objetivo de treinar pilotos de motos e conscientizá-los a respeito de uma pilotagem segura nos centros urbanos. Tudo de graça

“O Lord Riders é o único moto clube cristão que oferece esse treinamento à população gratuitamente. Nesses quase cinco anos atendemos cerca de 550 pessoas. O mais gratificante é que de cada treinamento pelo menos uma ou duas pessoas desenvolvem relacionamento com o grupo, começam a participar dos nossos encontros e consequentemente conhecem a Jesus”, conta Paulo.

Motoclube_3-1
O grupo recebe treinamento e apoio espiritual. Foto: Instagram
Resultados

A Adriana Cleto, assessora jurídica, está no grupo há quase seis meses. Ela lembra que quando participou do treinamento do ‘Pilotando para a Vida’ estava em uma fase ruim de sua vida e pedia direção de Deus para prosseguir.

“Eu acreditava em Deus. Mas não sabia nada sobre fé, igreja, comunhão e quando fui ao treinamento fui muito bem acolhida. Durante toda a aula o pastor e os professores falavam sobre coisas comuns ao motoqueiro, mas que também comuns na nossa vida diária. Aquilo me tocou, fiquei impressionada e também com desejo de saber mais. Na aula prática eu caí, fiquei constrangida, mas eles foram tão gentis comigo que tudo se tornou engraçado. Na semana seguinte estava no encontro deles e meses depois eu tive minha conversão de fato. Conheci Jesus, estou vivendo um momento de transformação e amo fazer parte desse moto clube”, conta Adriana.

Outra pessoa que conheceu Cristo através do projeto foi Giovana Garcia. Ela teve sua vida transformada. “Após conhecer o grupo, começar a participar dos encontros, orações, discipulado eu acabei conhecendo a Jesus, as coisas se tornaram mais leve e eu começo a encontrar paz”, comentou.

Segundo o presidente do grupo, Marcos Sanson, o moto clube é muito bom quando pessoas os procuram para criar vínculos e saber mais sobre eles.

“Ficamos felizes em ajudar pessoas e vemos uma oportunidade de falar de Jesus para cada uma delas. Durante o treinamento elas percebem pelo nosso jeito, pela nossa conversa e pela aula que somos cristãos, então quando vêm aos encontros, estão cientes disso e querendo saber mais a respeito do evangelho”, conclui.

Veja uma das ações do grupo

 

Ver essa foto no Instagram

 

Mais um @pilotandoparavida, hoje no CINDACTA. #umamissaomuitasvidas #lordridersmc

Uma publicação compartilhada por Lord Riders Moto Clube (@lordridersmc) em

*Da Redação, Com informações de Ultimato e Instagram


leia mais

O Evangelho levado pelos motociclistas por todo o mundo
Motociclistas evangelizam e realizam ações sociais