21 C
Vitória
domingo, 3 julho 2022

O legado do evangelista Morris Cerullo

Morris_Cerullo
O evangelista norte-americano Morris Cerullo, morreu na sexta-feira, 10, vítima de uma pneumonia. Foto: Reprodução

Um dos principais evangelistas do século 20, Morris Cerullo, morreu aos 88 anos. Por 74 anos, ele impactou o mundo na pregação do evangelho e com suas palavras inspiradoras

Morreu na última sexta-feira, 10, o evangelista norte-americano, Morris Cerullo, 88 anos. Ele foi vítima de uma pneumonia. A informação foi confirmada através de uma nota publica nas redes sociais de Cerullo. Ele era chamado de “Papá” por seus admiradores.

“Dr. Morris Cerullo, evangelista mundialmente reconhecido e fundador do Morris Cerullo World Evangelism, em San Diego (EUA), foi para casa para estar com o Senhor”, disse uma nota publicada em seu Facebook. Ele ficou órfão aos 2 anos de idade e foi levado para um orfanato juntamente com seus quatro irmãos

Seu ministério começou ainda na adolescência e suas cruzadas tiveram início na década de 60. Em sua caminhada, ele prestou apoio a várias causas humanitárias. Além de ajudar na construção de orfanatos no México, ele e a esposa Theresa Cerullo prestaram assistência médica à população da África e resgatou 200 mulheres vítimas das drogas, da prostituição e do tráfico humano.

No Brasil ele mantinha amizade com líderes pentecostais como o pastor Silas Malafaia. “Aprouve ao Senhor tomar para si neste dia o Rev. Morris Cerullo. Homem que exerceu grande influência em meu ministério e foi instrumento de bênção para mim e para a Igreja. Que o Consolador eterno conforte a família e faça brotar as sementes que ele lançou nesta Terra”, escreveu Malafaia em suas redes sociais.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se