Morre o evangelista Reinhard Bonnke

Reinhard Bonnke em uma de suas cruzadas evangelísticas na África. Foto: Reprodução

Aos 79 anos, o evangelista Reinhard Bonnke morreu neste sábado (7). O anúncio de sua morte foi feito, em sua página no Facebook

A igreja evangélica se despede de um dos maiores nomes do evangelismo mundial. Reinhard Bonnke morreu neste sábado (7), aos 79 anos, por complicações após realização de uma cirurgia do fêmur direito. Sua morte foi anunciada em sua página oficial no Facebook.

“É com pesar que a família Bonnke anuncia o falecimento do nosso amado marido, pai e avô, o evangelista Reinhard Bonnke. Ele faleceu pacificamente, rodeado por sua família, em 7 de dezembro”, disse um comunicado assinado por sua esposa, Anni Bonnke e família.

Bonnke deixa esposa e três filhos. Ele ficou mundialmente conhecido por suas cruzadas evangelísticas na África. Nos últimos 60 anos, cumpriu o Ide de Jesus, pregando o evangelho pelo mundo.

“Queremos agradecer em nome dele e de nossa família, pelo gentil amor e apoio inabalável, que lhe permitiu pregar a incomparável mensagem de salvação a várias pessoas”, disse o comunicado.

Após fazer uma cirurgia no fêmur direito, em novembro, Bonnke usou sua página no facebook para pedir orações por sua saúde. “Tudo foi bem até agora, mas agora tenho que adicionar algumas semanas de aprendizado a andar de novo”, disse na época. Agora ele não resistiu.

Ministério

Reinhard Bonnke nasceu na Alemanha. Se entregou a Jesus aos nove anos. Se batizou aos 10. Estudou e se formou na Faculdade Bíblica do País de Gales. Depois pastoreou na Alemanha por sete anos. Em seguida partiu para a África com sua famíia para começar o trabalho misisonário.

A partir de 1967, suas reuniões evangelísticas começara, a se espalhar por toda a África. E passou a adotar evangelismo em massa, através das cruzadas. A última foi em 2017.

Por mais de três décadas, desde a primeira cruzada evangelística realizada em 1975, milhões de vidas tem ouvido do Evangelho. Somente nos últimos anos, mais de 76 milhões de pessoas declararam sua fé em Jesus durante as cruzadas do CfaN.

Christ for all Nations

Em 1974, o evangelista fundou a Christ for all Nations (Cristo para todas as Nações). E passou vários anos trabalhando como missionário na África. Hoje, a instituição tem 9 escritórios nos 5 continentes, inclusive no Brasil.

Bonnke deixou um legado de missões. Cerca de 75 milhões de pessoas se converteram através do seu ministério. Na nota oficial, a família pediu que “em vez de flores, por favor, façam uma doação a Christ for all Nations – Cruzada na África”.

Encontro com presidente Bolsonaro

Em março, o evangelista se encontrou com o presidente Bolsonaro, na Casa Branca, em Washington. Ele e um grupo de pastores do país conversaram sobre o futuro do Brasil. E depois, de mãos unidas, fizeram uma oração

“Todos nós queremos bênçãos de Deus, mas a verdade é que a bênção precisa do alicerce da salvação. Se um país está coberto no evangelho de Jesus Cristo, aí está sua fundação”, disse Reinhard Bonnke, na época.

Vídeo em que o evangelista participa da oração por Bolsonaro

leia mais

Mais de um milhão de pessoas são evangelizadas na Nigéria