22 C
Vitória
quinta-feira, 6 maio 2021

Maior comunidade indígena perde Cacique para Covid-19

Cacique Messias Kokama, 53 anos, foi um dos fundadores do Parque das Tribos, em Manaus (AM). Ele, que também era pastor da Igreja Pentecostal da Missão, foi vítima de covid-19.

O cacique Messias Kokama, de 53 anos, morreu na quinta-feira, 14, depois de oito dias internado. É mais uma vítima da Covid-19. Ele era o maior líder do Parque das Tribos, em Manaus, capital do Amazonas, além de pastor da Igreja Pentecostal da Missão.

“Hoje, a pororoca do Solimões derrubou uma grande árvore. Foi um guerreiro que lutou até o último suspiro para proporcionar vida digna para seus parentes que vivem às margens dos igarapés de Manaus”, disse Vanda Witoto, de 32 anos, no velório.

No velório, com o caixão de madeira lacrado e envolto em plástico, as pessoas usavam máscaras com os dizeres “Vida indígenas importam”.

Emoção

A despedida contou com danças indígenas, músicas evangélicas, pregação e orações. Kokama, cujo sobrenome de batismo é Martins Moreira, atuava como pastor da Igreja Pentecostal da Missão.

Chorando muito, um dos três filhos mal conseguiu terminar o discurso. “Apesar de minhas atitudes nem sempre serem muito boas, ele sempre conversou comigo”. Vestia cocar e portava uma tornozeleira eletrônica.

Enfrentamento da covid-19

No Parque das Tribos moram 700 famílias. São 35 povos indígenas da Amazônia. “Em litígio, o Parque das Tribos é um dos poucos espaços indígenas de Manaus. Estima-se que vivam 30 mil indígenas na cidade, muitos em moradias precárias”, assinala a Folha.

Witoto relatou como os indígenas estão enfrentando a pandemia do novo coronavírus. “Vamos continuar lutando. Nós já enfrentamos várias epidemias, várias gripes, vários povos foram dizimados por conta delas. Para os povos indígenas, tudo é luta. Lutamos todos os dias, todos os anos por nossas vidas. A gente fala que são 520 anos de luta. É uma sociedade que nos renega, uma sociedade que nos torna invisíveis, nos menospreza. Esse vírus é só mais uma luta pros nossos povos, é só mais uma luta”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se