28.8 C
Vitória
segunda-feira, 8 agosto 2022

Missionários distribuem mais de 90 mil Bíblias

Bíblias no Maranhão
Foto: Reprodução / Jocum

O objetivo do movimento “A Bíblia em Cada Casa” é entregar um exemplar impresso das Escrituras Sagradas em cada casa, nas cidades e nas zonas rurais de todos os estados e territórios brasileiros, até o ano de 2050

Por Marlon Max

A Bíblia em Cada Casa, não apenas distribui um exemplar, mas atua diretamente na transformação da realidade espiritual e social brasileira, explica a organização missionária Jovens Com Uma Missão (Jocum). A ideia é que a união da Igreja de Cristo leve uma bíblia para cada casa no Brasil, para reconectar o homem a Deus.

Muitas bases de Jocum no Brasil já desenvolveram ou desenvolvem ações dentro do movimento. Uma grande mobilização nacional aconteceu em 2013, em Caldas Novas – Goiás, lideranças de base e obreiros de todo o Brasil estiveram juntos para esse grande acontecimento.

40 municípios Maranhenses

Há sete anos o líder da base, Edivaldo Romagnoli e sua esposa Morgana coordenam equipes no trabalho para a erradicação da carência bíblica no Maranhão, onde já foram entregues mais de 90 mil bíblias em 40 municípios. Edivaldo conta que embora, com todo esse tempo de caminhada algumas coisas ainda o surpreendem.

“Não é normal para nós, olhar pessoas chorando e nos relatando que não têm dinheiro para pagar por uma Bíblia. Comer, levar o alimento para casa ou comprar uma Bíblia?”, conta e afirma que essa é a decisão que milhares de maranhenses têm que fazer diariamente no interior do Estado.

De acordo com a Jocum, a equipe voltou há poucos dias da última missão. Dessa vez contaram com a participação da comunidade surda, 8 surdos foram alcançados. Nos 40 municípios onde já estiveram, mais de  700 mil pessoas receberam uma visita, sendo que mais de 75 mil bíblias impressas e mais de 13 mil bíblias em áudio foram entregues.

A meta para 2021, explica a Jocum,  é comprar 25 mil bíblias, das quais 8 mil já foram adquiridas. A compra foi dividida em 57 boletos de R$ 852 cada e só faltam 10 boletos para serem pagos. Uma única pessoa doou mais 12 mil bíblias, com isso, faltam agora 5 mil bíblias para este ano. O total estimado para chegar a todos os 217 municípios é de pelo menos 1 milhão de exemplares.

Quem se envolve com A Bíblia Em Cada Casa passa a ter familiaridade com o criativo termo: “abibliamento”, que é como os jocumeiros se referem a distribuição das bíblias no dia em que a ação acontece. Durante esse “abibliamento”, a equipe se depara com histórias de pessoas que sonharam com Jesus, e que iriam ganhar um presente muito especial.

“Na manhã seguinte a esse sonho, nossa equipe chega em sua porta e entrega uma Bíblia, o choque é grande e a revelação de que Ele está perto é real”, narra Edivaldo.

ONDE ESTÁVAMOS?

Na última entrega, ou como gostam de chamar, no último “abibliamento” no Maranhão, a família Melo Moreira, da Jocum São Luís foi surpreendida por uma profunda reflexão ao chegar em frente a uma casa. Uma senhora aproximou-se e ao saber do que estava acontecendo por ali comentou não ter nenhuma bíblia e perguntou se havia alguma para vender.

Eles então disseram que tinham bíblia, mas que era um presente. Essa senhora tem 100 anos. Então a pergunta que ficou para Carlos Augusto, Luciana, Alice e Matias é: “Onde estávamos nos últimos 100 anos que uma senhora como dona Madalena não tem uma bíblia?”. Essa pergunta, obviamente, não pode ser respondida por completo por essa família, pois são jovens. Mas a igreja de Cristo (não uma denominação ou outra, mas os cristãos todos) sim, pode pensar e tentar responder, onde estava nos últimos 100 anos que alguém desejoso por uma bíblia ainda não tenha uma.

Para quem deseja fazer parte de A Bíblia em Cada Casa com a Jocum São Luís, para completar o desafio de 2021, no pagamento dos 10 boletos de R$ 852 cada, com vencimento todo dia 10 de cada mês, pode fazer um depósito ou transferência bancária.

Campanha Recomeçar
SBB
“Quando alguém precisa de esperança para recomeçar, a Bíblia pode ser a principal motivação para uma verdadeira transformação de vida!”, destaca a SBB. Foto: Reprodução / Instagram

Atualmente, milhares de pessoas se dedicam a visitar pessoas em presídios, através do trabalho de capelania. Recentemente, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), lançou uma campanha de arrecadação de recursos para ampliar a cobertura que é oferecida aos capelães em todo Brasil. Intitulada de “Recomeçar”, a iniciativa leva em conta o poder transformador da palavra de Deus.

A campanha pretende alcançar cerca de 7.500 pessoas, em presídios. A SBB é a principal entidade de apoio ao trabalho de capelania no Brasil. Para a gerente de Projetos Sociais da SBB, Emilene Araújo, o trabalho junto à população carcerária tem rendido bons frutos.

“Muitos presos relatam como a palavra tem feito a diferença. A SBB recebe centenas de cartas relatando essa transformação. São muitos depoimentos, e eu já vi de perto casos onde no nosso julgamento humano não haveria perdão, mas esse perdão vem de Deus”, contou Emilene.

A gerente de Projetos Sociais da SBB ainda relatou uma história impactante que ouviu de um detento. “Eu ouvi de um senhor que estava preso pois havia matado seu próprio filho, de sete meses. Ele obviamente continua preso, pagando pelo crime que cometeu, mas ele teve a oportunidade de se arrepender. A palavra de Deus alcançou ele, e hoje ele tem esperança na vida eterna”, relatou.

Com informações de Larissa Mazaloti, jocum.org

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se