19.9 C
Vitória
quinta-feira, 9 dezembro 2021

Missionária morre por bala perdida no Rio

A missionária Eunice Veiga, 59 anos, que também era cantora, morreu dentro de casa: “Ela se jogou no chão, desta vez não deu tempo”, disse o filho da vítima

A missionária e cantora gospel Eunice Veiga, 59 anos, morreu após ter sido atingida por uma bala perdida, no sábado, 12, em São Gonçalo, Rio de Janeiro. Ela estava na cozinha de casa quando foi atingida no pescoço. Chegou a ser socorrida para um Hospital da cidade mas não resistiu. O corpo da missionária foi enterrado neste domingo, 13, no fim da tarde.

Eunice Veiga frequentava a Igreja Batista da Lagoinha, em Niterói. Deixou cinco filhos e seis netos. O filho da vítima, Pablo Veiga, disse para o UOL: “A minha mãe relatava que esses tiroteios sempre aconteciam. Semana passada, ela conseguiu se jogar no chão. Dessa vez, não deu tempo“.

Segundo a polícia, no momento, havia uma troca de tiros entre facções rivais que disputam pontos de vendas de drogas na região. A evangélica falava com uma amiga ao telefone, chegou a relatar que ouvia muitos disparos, até que ficou muda. Ela foi atingida no pescoço, foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

No mesmo tiroteio, outras duas pessoas ficaram feridas, uma na coxa e outra nas costas. A polícia não informou a identidade delas. Apenas confirmou que as vítimas estão internadas no Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, e que o estado de saúde delas é estável.

*Com informações de Radio 93 e Uol

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se