“Eu só posso imaginar” faz parceria com Ministério dos Direitos Humanos

Foto: Divulgação

Público terá canais de denúncia no lançamento

As próximas sessões de pré-estreias do filme “Eu só posso imaginar” terão uma vinheta de 30 segundos do Ministério dos Direitos Humanos. O pequeno vídeo convida os espectadores a denunciar violações contra crianças e adolescentes, pessoas idosas, pessoas com deficiência, população LGBT, pessoas em situação de rua e discriminação racial.

As pré-estreias do filme serão nos próximos dias 18, 19 20, 25, 26 e 27. E a estreia oficial será no dia 31 nos cinemas de todo o Brasil. Para conferir a vinheta, acesse aqui. Os canais divulgados no vídeo são o Disque 100, o aplicativo Proteja Brasil, e o Humaniza Redes.

É uma parceria da Paris Films, produtora do Filme e o órgão federal. O longa, que já estreou nos Estados Unidos, através da Lionsgate, teve uma ação semelhante. Foi o Chat About Faith, um canal para ajudar pessoas em situação de risco social. “Queremos ajudá-lo a aprender mais sobre o que Ele fez por você e como Ele quer fazer parte da sua vida”, diz a mensagem da página.

Dirigido pelos irmãos Andrew Erwin e Jon Erwin (de “Mamãe: Operação Balada”), Eu Só Posso Imaginar” retrata a história de Bart Millard [J. Michael Finley], um jovem que viveu uma infância conturbada aos ser deixado pela mãe aos 11 anos de idade e sofreu com o pai abusivo, interpretado por Dennis Quaid.

História

Criada por Bart Millard, a música ‘I Can Only Imagine’ é o single de maior sucesso do grupo e exprime sua jornada autobiográfica de superação e fé. A produção narra a conturbada relação de Bart com sua família e seu encontro com a fé por meio da música. Enquanto Millard se distancia do convívio com seu pai, ele persegue o sonho de cantar e usa sua dor como inspiração para desenvolver sua carreira.

Disque 100

O Disque 100 é o maior serviço brasileiro de recepção de denúncias de violações de direitos humanos. O canal é gratuito e mantém o sigilo dos denunciantes. A central encaminha os casos para uma rede de proteção composta por Ministério Público, instituições de assistência social e de segurança pública. Em 2017, o Disque 100 recebeu mais de 142 mil denúncias.


Leia mais

Ana Paula Valadão na trilha de “Eu só posso imaginar”
“Eu só posso imaginar” estreia esse mês