Milagre: “Deus fez o que os médicos não fizeram”

Foto: Reprodução

Aos 45 anos, o Pastor Philip T. Dunn teve degeneração macular que o levou à cegueira total. Após 14 anos, Deus o curou.

Um milagre aconteceu na vida do pastor Philip Dunn, da Valley Christian Assembly em Charleston, West Virginia (EUA). Por conta de uma degeneração macular, ele ficou cego por 14 anos até que um segundo problema ocular lhe trouxe a cura.

Em agosto de 2018 o Philip começou a sentir dores intensas de cabeça e também dores no olho esquerdo. Os sinais de uma catarata se confirmaram, mostrando a Dunn que ele enfrentaria mais um dano no seu nervo óptico.

Apesar de tantos anos convivendo com a cegueira, o pastor sempre acreditou no poder de Deus e que seria curado e manteve a fé após esse segundo diagnóstico.

Philip Dunn passou pela cirurgia para remover a catarata. Depois da alta médica, ainda com o olho inchado, ele removeu o curativo e percebeu que podia enxergar. Ele foi até a sala de jantar, entrou na cozinha e olhou para sua esposa pela primeira vez após 14 anos. “Os médicos fizeram o que puderam. Deus fez o que eles não puderam”, relatou à Fox News.

O cirurgião também não encontrou sinais da doença após o exame. Duas semanas depois, Dunn passou por uma segunda cirurgia para remover a catarata do olho direito. E esse olho também recuperou sua visão.

As cirurgias de catarata removeram os danos causados pela degeneração macular e assim o reverendo pode ver seus netos e genro pela primeira vez. Ele também pode visitar a Califórnia, que era seu sonho, e até conseguiu reaver sua carteira de motorista.

Após esse milagre, o pastor fez um emocionante sermão na igreja ministrando sobre o cego a quem Jesus curou.

Ministério

Quando a visão do pastor Dunn se deteriorou, a preparação e a pregação de sermões se tornaram mais difíceis. Para minimizar os efeitos de sua visão em declínio, ele começou a aumentar o tamanho da fonte em seu computador. Quando isso não funcionou mais, ele fez anotações com marcadores especiais.

Em um domingo, quando estava no púlpito para pregar, o pastor conta que olhou para suas anotações e não conseguiu lê-las.

Naquele momento, ele orou. Para sua surpresa, Deus trouxe à mente os versículos da Bíblia que ele havia memorizado anos antes no Bible Quiz. Ele pregou a partir desses versículos, Deus fielmente passou a dar a ele uma nova mensagem a cada semana.

Quando o pastor Dunn conta que quando recebeu sua primeira Bíblia eletrônica, sua paixão pela Palavra de Deus se acendeu como nunca antes. Enquanto ouvia a Bíblia, Dunn diz que Deus colocava um novo texto em seu coração e ele preparava o sermão para a semana seguinte.

O ministério de Dunn nunca parou, apesar de sua cegueira. Ele foi para um centro de reabilitação, onde aprendeu a usar um programa de computador especialmente projetado para pessoas cegas. Usando este programa, ele podia ouvir e-mails e, pela primeira vez em anos, ele retocou comentários bíblicos.

Armado com essas novas ferramentas, o ministério de Dunn se expandiu e ele passou a pregar em uma prisão de segurança máxima, onde por mais de sete anos ele falava aos presos sobre Jesus. Dunn, que também fala em outras igrejas, trabalhou com o Centro de Assembleias de Deus para Cegos para se conectar com uma rede de ministros com deficiência visual.

O pastor diz que “as coisas que o Senhor me ensinou na escuridão, eu não poderia ter aprendido na luz. Deus me deu uma paixão por conectar as pessoas à Palavra de Deus. Você precisa entrar na Palavra de Deus e deixar que ela fale com você.”

*Com informações de Fox News


Leia mais

Vidas renovadas pela fé
Menina do milgre: “Eu não acreditava em Deus”