back to top
20.9 C
Vitória
quinta-feira, 30 maio 2024

Michelle Bolsonaro é a preferida para enfrentar Lula em 2026

michelle_favorita_eleições_2026
Pesquisa de popularidade foi divulgada nessa segunda-feira (13) - Foto: FotosPublicas

Segundo pesquisa da Genial/Quaest, ex-primeira-dama tem a preferência de eleitores do ex-presidente, que está inelegível até 2030

Por Daniel Hirschmann

O nome mais cotado para enfrentar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no lugar do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2026 – entre os eleitores que o apoiaram em 2022 – é o da esposa dele, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL). Bolsonaro está inelegível até 2030.

Depois de Michelle, o preferido dos bolsonaristas é Tarcísio de Freitas (Republicanos), governador de São Paulo e ex-ministro no governo anterior. As conclusões são de uma pesquisa realizada pela Genial/Quaest, que lançou luz sobre quem os eleitores consideram como potenciais candidatos para as eleições de 2026.

Rejeição

Em um cenário sem a presença de Jair Bolsonaro (PL), 28% dos entrevistados consideram Michelle Bolsonaro (PL) como o melhor nome para enfrentar o atual presidente, porém ela enfrenta uma rejeição de 50%.

- Continua após a publicidade -

O governador de São Paulo surge como uma alternativa, com 24% das preferências e uma rejeição menor, de 30%. No entanto, em uma disputa hipotética, hoje, Lula venceria Tarcísio com 46% contra 40%.

Favorita

A pesquisa também apresentou o panorama geral dos entrevistados, sem considerar a preferência na última eleição. Nesse contexto, Michelle Bolsonaro também desponta como favorita.

Na análise por região, Tarcísio de Freitas tem a preferência sobre Michelle apenas no Sudeste. No Sul, Ratinho Junior (PSD), governador do Paraná, supera o governador paulista.

Divulgada nessa segunda-feira (13/5), a pesquisa foi conduzida de forma presencial, ouvindo 2.045 pessoas com 16 anos ou mais, no período entre os dias 2 e 6 de maio. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um nível de confiabilidade de 95%.

O levantamento fornece uma visão inicial sobre as preferências do eleitorado em meio ao cenário político moldado pela inelegibilidade de Jair Bolsonaro, apontando para um possível reposicionamento das forças políticas para as próximas eleições presidenciais.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -