23 C
Vitória
terça-feira, 4 agosto, 2020

“Se não for para fazer diferença, que o Senhor não permita”

Leia também

PIB contraiu 11,2% no 2º trimestre de 2020

Em relação ao segundo trimestre de 2019, a queda na atividade econômica apontada pelo IAE foi de 11,7%

Esperamos que agosto seja o pico da covid-19 nas Américas, diz Jarbas Barbosa

Durante a coletiva, o diretor-assistente da Opas comentou o fato de que o padrão de transmissão da doença na América Latina tem se mostrado distinto da Europa

Brasil: Prefeitos se unem em campanha de combate à covid-19

Iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia

A declaração é da futura primeira-dama, Michele Bolsonaro, em entrevista ao programa da Rede Super, da Igreja Batista Lagoinha, em Belo Horizonte (MG), diz pretende trabalhar em obras sociais.

A futura primeira-dama, Michele Bolsonaro participou de um bate papo no programa Sempre Feliz, da emissora evangélica, Rede Super de Televisão nesta quinta (22). Ela falou de sua vida com Deus, a conversão, a depressão e o serviço social na igreja.

A esposa do presidente eleito, Jair Bolsonaro, é de Brasilia (DF). Ela conta que enfrentou a solidão no início do casamento, quando se mudou para o Rio.

“Eu casei e vim morar no Rio. E aqui foi bem complicado, eu saí da minha terra natal, a cultura daqui é bem diferente de Brasília, os hábitos, então isso me entristeceu um pouco. Mas eu entendi que a minha alegria vem do Senhor. Então, eu não comecei a colocar, a procurar ter alguma coisa para ser feliz. Eu comecei a entender isso, que independente da situação, minha alegria tinha que vir do Senhor.

“Isso mudou completamente a minha vida e eu me apeguei ao Senhor e eu entendi que eu tinha que olhar para ele e não para o homem, porque o homem é falho, eu sou falha. Então eu teria que me apegar a Ele, para que independente de qualquer eventualidade que tivesse na igreja, continuar firme no Senhor. Ele me curou e eu sou extremamente grata a Ele”, acrescentou.

Ministério e ação social

Na última quarta (21), Michele foi à Brasília (DF) pela primeira vez após a vitória de Bolsonaro na eleição. Em entrevista coletiva à imprensa ela disse que pretende atuar em projetos sociais a partir de janeiro de 2019.

A futura primeira-dama deu mais detalhes do que trabalho social que pretende fazer no governo. E revelou o desejo de trabalhar em missões no sertão nordestino.

“Há um tempo atrás eu comecei a pensar no sertão nordestino com muito carinho e eu comecei a conversar com o Senhor: ‘Pai, se o Senhor me der condições, um dia eu quero ajudar essas pessoas’. E eu fiz um trato com o Senhor no ano passado. Eu falei: ‘Senhor, se o Senhor permitir que o meu marido comande esta nação, eu quero fazer a diferença’, porque são palavras dele também. Se não for para fazer diferença, que o Senhor não permita. Então eu tenho certeza que tudo tem a mão do Senhor”, contou.

Michele se declarou apaixonada por obras sociais na Igreja. Um deles é o Ministério com surdos. Durante a entrevista chegou a se emocionar quando contou sobre como nasceu o desejo em seu coração de trabalhar nesta área. E enfatizou que tem boas propostas para portadores de deficiência e síndromes no Brasil.

“A Libras é muito mais que um idioma, é uma linguagem de amor. Porque eu não creio que quem aprenda Libras não seja para servir. Você aprende para poder ajudar outra pessoa, não é para benefício próprio. Nós temos propostas para a comunidade surda, temos propostas para portadores de deficiência e temos propostas para portadores de síndromes, porque uma coisa puxa a outra. E eu sei que é um chamado do Senhor para a minha vida”, afirmou.

Veja a entrevista


Leia mais

“Eu tenho chamado de Deus para ação social”
Esposa de Jair Bolsonaro interpreta libras na igreja
Bolsonaro: “Deus capacita os escolhidos”

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Amanda de Sá feat Sanderson Moraes “Nossa bandeira”

Nossa bandeira é o terceiro lançamento da artista pela Sony music desde que venceu o festival de Música Eagle, edição ES, em setembro do ano passado

Faces da perseguição: o preço de viver pela fé

Viver pela fé em meio a perseguição. Na séria faces da perseguição, mostra a história do pastor Jean Marc, que enviou a família para um esconderijo no Congo, mas ficou na República centro-africana por causa da igreja. Saiba mais!

Max Weber: Economia e religião estão interligadas?

No livro "A ética protestante e o espírito do capitalismo", o sociólogo alemão, Max Weber, se debruça em um estudo minucioso sobre as religiões e o sistema econômico do século XX

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”