O Poder de Uma Mente Transformada

A conversão não opera toda mudança de mente de uma só vez, a transformação mental é diária, contínua e progressiva.

Você já deve ter ouvido por aí a palavra “mindset”, sim, ela está em alta, e uma boa tradução para essa palavra que carrega muito significado é “modelo mental”. A psicologia positiva, especializada em estudar o desenvolvimento humano tem a maior parte do seu foco no desenvolvimento de um modelo mental de sucesso e felicidade, o que podemos chamar de um modelo mental positivo.

Essa área do estudo humano não está interessada nos traumas, patologias da alma, ou nas complexidades do inconsciente; sua linha de estudo está voltada para o desempenho, a felicidade, as características que geram prosperidade, as virtudes de caráter e coisas afins. A grande descoberta dessa linha da psicologia em meados do séc. XX é que existem modelos mentais positivos e modelos mentais negativos, de sucesso e de fracasso, de felicidade e de depressão, de prosperidade e de escassez, de esperança e de medo.

Para exemplificar, vou relatar uma pesquisa que foi feita pelos especialistas da área com o objetivo de analisar pessoas otimistas e pessimistas. A história é a seguinte: você está no banco e dois homens anunciam um assalto, na confusão, um tiro que foi disparado atingiu o seu braço. Pergunta dos pesquisadores – “você acha que foi sorte ou azar?”  Um grupo respondeu da seguinte maneira: Sorte. Porque o tiro poderia ter atingido minha cabeça. O outro grupo respondeu: Azar. A bala poderia ter atingido outra pessoa além de mim.

Nossa sorte ou nosso azar não está nos fatos da vida, mas na maneira como os interpretamos e, nossa interpretação dos fatos depende do nosso modelo mental.

Repare que a mesma história é interpretada por cada um de formas diferentes, um grupo vê o mesmo evento como livramento, o outro, como maldição. Qual é a diferença entre essas pessoas que passam por um mesmo evento e saem com percepções contrárias?  A diferença está no modelo mental de cada uma. Algumas pessoas decidem que são favorecidas na vida, e para legitimarem sua decisão, elas comparam sua história com uma possibilidade pior (poderia ter atingido minha cabeça). Já as outras, decidem que são desfavorecidas na vida, e para legitimarem sua decisão, elas comparam sua história com uma possibilidade melhor (poderia ter atingido outra pessoa). Nossa sorte ou nosso azar não está nos fatos da vida, mas na maneira como os interpretamos e, nossa interpretação dos fatos depende do nosso modelo mental.

Mas não se desespere se você se identificou com o modelo negativo, outra descoberta animadora da psicologia é a andragogia ou a neuroplasticidade adulta. A descoberta de que o cérebro do adulto também sofre mudanças e transformações e que portanto, há a possibilidade de mudança de modelo mental depois de velho.

Essa novidade científica já é uma velha conhecida nossa, chamamos de conversão, do grego metanoia que significa mudança de mente. A conversão não opera toda mudança de mente de uma só vez, a transformação mental é diária, contínua e progressiva. Daí a Palavra de Deus dizer aos cristãos “e não vos conformeis ao presente século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente” (Romanos 12). Quero te dizer que a maior tristeza de Deus é quando você não é tudo aquilo que Ele te criou para ser.


Michel Medeiros – É coach e pastor colaborandor na Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Professor de teologia na Escola teológica Reformada.

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!