22.7 C
Vitória
segunda-feira, 15 agosto 2022

Arriscou a própria vida para salvar a irmã caçula

Menino-salva-irmã
Foto: Reprodução

Depois de salvar a irmã de 1 ano e 10 meses de um incêndio que atingiu a casa onde ele morava com a família, nos EUA, Eli, de 7 anos, disse: “eu não queria que a minha irmã morresse”

Que coragem e amor! Uma família que escapou da morte ao ter a casa destruída por um incêndio enquanto dormiam está testemunhando o livramento e agradecendo a Deus pela coragem do filho de apenas 7 anos de idade que se arriscou para salvar a vida da irmã mais nova.

Nicole e Chris Davidson vivem em New Tazewell, no estado do Tennessee (EUA) e ambos são ex-bombeiros. Eles colocaram os três filhos para dormir por volta de 20h30 do dia 08 de dezembro. Naquela noite, enquanto eles dormiam, a casa pegou fogo.

“Por volta das 23h30, alguém me acordou e sei que foi Deus. Ele [Chris, seu marido] agarrou o extintor tentando me dar tempo para pegar as crianças. E eu agarrei os meninos porque eles estavam mais próximos do fogo”, contou Nicole à emissora WVLT8.

Quando Nicole chegou ao lado de fora da casa com Elijah, de dois anos, e Eli, de sete anos, se deu conta que a caçula, Erin, de apenas um ano e dez meses, havia ficado para trás, no berço. “O momento mais assustador da minha vida foi quando pensei que não conseguiríamos pegá-la”, admitiu a mãe.

“A fumaça e o fogo eram tão densos que não havia como chegar até ela. Saímos para pegá-la pela janela, mas não havia nada em que eu pudesse me apoiar lá em cima”, declarou o pai numa entrevista à CNN.

Bravura

O menino afirmou que, de início, não acreditou que fosse capaz de conseguir salva-la, mas quando pensou que ela morreria no incêndio, conseguiu reunir coragem e foco para traze-la para fora.

“Papai quebrou a janela e eu disse: ‘Não consigo’ umas duas vezes, e então disse: ‘Peguei ela, papai’. E quando descemos lá eu disse: ‘Eu estava com medo, mas não quero que minha irmã morra’”, recapitulou o pequeno herói.

“Não poderíamos estar mais orgulhosos de Eli. Ele fez algo que talvez um homem adulto não faria. Você é corajoso por dentro e pode fazer o que parece difícil quando quiser”, reiterou o pai, dimensionando de maneira exata o gesto heroico do filho, disse Chris Davidson à CNN.

*Com informações de Emissora WVLT8

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se