19.9 C
Vitória
sexta-feira, 18 junho 2021

Fé e coragem! Menino de 5 anos emociona soldado ao orar

Ato de fé e coragem do menino de 5 anos foi compartilhado nas redes sociais do soldado Dan Otterson, que integra a Força Nacional

Um garoto de apenas 5 anos chamou atenção de um grupo de soldados, após resolver orar por eles durante protestos ocorridos em Kentucky, Derby, nos EUA. Segundo os militares, a intenção da criança foi transmitir fé e encorajamento para a equipe.

“Deus enviou um menino de 5 anos para fortalecer os soldados, e isso é algo que você nunca poderá replicar”, disse o soldado Dan Otterson durante entrevista para a Fox News.

Ele explicou que o menino estava com uma senhora e outras duas crianças, também pequenas. Durante às manifestações eles tiveram a oportunidade de se aproximar dos militares, informaram a intenção de oração, atitude que logo chamou atenção dos soldados, dado ao clima tenso do momento.

“Uma senhora negra mais velha que tinha três filhos muito pequenos com ela. Ela ficou quieta, não disse nada para minha equipe e esperou que a maioria dos manifestantes diminuísse. A senhora se aproximou de nossa cerca e disse que o menino mais novo queria orar por nós”, contou Dan.

Sinceridade e unção de Deus

O militar disse que ficou impressionado com a oração do menino, pois viu nele sinceridade e a unção de Deus naquele momento. Algo que marcou o seu trabalho durante os dias em que atuou na contenção dos protestos na região.

“Percebi que ele era tímido, então me aproximei dele, ajoelhei-me, me apresentei e perguntei se ele queria orar. O que aconteceu a seguir valeu a pena cada segundo do nosso fim de semana. Este garotinho orou mais e com mais convicção do que eu jamais vi alguém orar em minha vida”, afirmou Dan.

O gesto do pequeno garoto também serviu para demonstrar o quanto a questão racial é indiferente aos olhos de Deus, já que para o Senhor não há diferença entre brancos e negros, pobres ou ricos, visto que são todos seres humanos, criaturas Suas.

A oração da criança, portanto, é uma prova de que a sociedade precisa se voltar para Deus, a fim de eliminar quaisquer resquícios de intolerância entre os seres humanos. “Ele orou por mim, minha equipe e nossa segurança. Não se importava com a cor, com a ocupação. Apenas queria que estivéssemos seguros e orou para que tivéssemos uma cerca de proteção ao nosso redor”, conclui Dan.

*Com informações de Fox News e Christian Headlines

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se