26.1 C
Vitória
quinta-feira, 4 março 2021

Melhor do que começar bem é terminar bem aquilo que começou

Mais Artigos

Expor, Isolar ou proteger

O que fazer quando o assunto é educação sexual? Por Dinart Barradas Dentre os muitos assuntos que trazem preocupação e consomem a mente e o coração...

Mulheres ….. seres especiais!!!

Independente da idade que temos, do contexto que vivemos, estando disponíveis, seremos surpreendidas diariamente com a Sua “vontade, que é boa, perfeita e agradável”

Passivos ou resolutos?

Como nós, pais cristãos, devemos posicionar com nossos filhos. Saiba mais!

Inúmeras são as histórias de vida, carreira e relacionamentos que começam e não terminam ou que começam muito bem e terminam muito mal

Por Lulinha Tavares

Já soube de casos de casamentos que, quando o fotógrafo procura o casal para entregar as fotos do casamento – dois ou três meses após – o casal já não está mais junto.

Quantas são as histórias de pessoas que começam muito bem em uma carreira, ou em uma universidade e desistem no meio do caminho. A minha carreira como atleta de futebol foi semelhante a carreira da grande maioria, que começa muito bem e termina muito mal. Eu comecei jogando na base do clube que sonhava jogar: o Flamengo – naquilo que sonhava fazer: jogar futebol. E isso foi insuficiente para que terminasse bem o que comecei.

À duras penas aprendi preciosas lições que serviram para a minha vida e que hoje também contribui para o crescimento de outras pessoas.

Por outro lado, assistimos pessoas que colecionam histórias de sucesso, que, nem sempre começaram tão bem, mas terminaram muito bem e são exemplo e inspiração pra tanta gente. Em 1906, nascia na aldeia de Komyo, na cidade de Hamamatsu, no Japão, Filho mais velho de um ferreiro. Seu nome Soichiro Honda.

De um mal aluno em sala de aula ele se transformou no fundador da que é hoje a Honda Motor Company é um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada no mundo inteiro.

No futebol temos inúmeras histórias, dentre elas a do português Cristiano Ronaldo, filho caçula de um jardineiro com uma cozinheira que sai da Ilha da Madeira em Portugal para brilhar no cenário mundial do futebol detendo o título de melhor jogador do mundo por cinco vezes.

O que teria essas pessoas em comum e o que podemos aprender com elas?

1 – Constância de propósito:

Saber exatamente aonde quer chegar e se manter firme no seu propósito determina mais o seu futuro do que a sua herança genética. Exemplo: o pai é médico e a mãe advogada, mas o filho quer ser cantor. Nem sempre filho de peixe peixinho é. Saiba o que você quer. Se ainda não sabe o que quer, saiba pelo menos o que não quer.

2 – Conhecer o caminho

No livro: Jesus O Amor Da Minha Vida – de Dee Brestin e Kathy Troccoli aprendi sobre os três tempos do amor: O primeiro amor – O amor no deserto e o amor eterno.

Saber que após viver  primeiro amor, onde nos apaixonamos,  nos entregamos totalmente nesse verdadeiro kairós vem a fase do amor no deserto aonde nos deparamos com a realidade do dia a dia: as contas pra pagar e rotina do lar e etc, pode contribuir para cheguemos a fase do amor eterno e maduro. Afinal para fazer um churrasco necessitamos do fogo, mas é com a brasa que a carne é assada.

No mundo dos negócios é semelhante. As três fases de um empreendimento são: A fase empolgação – a fase da frustração e, por fim a consolidação. Muitas das empresas e empreendedores não terminam bem o que começaram ao desconhecer e não saber lidar com a segunda fase.

3 – Cumprimento de uma missão

Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres. (Deuteronômio 28;6)

Um dos sinais de que cumprimos bem a nossa missão é quando somos benditos ao sairmos. O maior patrimônio que você pode deixar por onde você passa é a saudade.

Eu glorifiquei-te na terra, concluindo a obra que me deste a fazer. (João 17:4)

Cristo é o nosso maior e melhor exemplo de alguém que terminou bem aquilo que começou. Alguém para quem o que fazia era mais do que simplesmente alcançar metas e melhorar resultados. Era mais do que um simples trabalho, era uma obra. E que o concluir dessa obra honrava Àquele que o enviou.

Que na sua vida também seja assim!

Independentemente dos obstáculos e adversidades você, esquecendo-se das coisas que ficaram para trás, prossiga para o alvo e que termine bem aquilo que começou.

Siga bem, em paz e feliz.

Lulinha Tavares é coach esportivo, formado em Educação Física, MBA-FGV/FIFA/CIES, especialista em Psicologia do Esporte, empresário, pastor e líder da Igreja Batista da Graça em Queimados (RJ)

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

“Não temas”, exorta Bolsonaro ao falar da pandemia

Presidente da República citou a Bíblia ao falar da pandemia: "Chega de frescura e mimimi. Vão ficar chorando até quando?" Saiba mais!

Goiânia: Prefeito veta projeto de tornar atividade religiosa essencial

O projeto foi aprovado na Câmara Municipal ainda no início de fevereiro. Mas o prefeito vetou, justificando que o texto é inconstitucional. Saiba mais!

Jejum pela Guerra Espiritual contra a Covid na Paraíba!

"Vamos todos juntos fazer um jejum em prol da guerra espiritual contra a covid", conclamou o prefeito, Vitor Castelliano, de Cabedelo (PB). Saiba mais!

Santa ceia em drive-thru na Serra Gaúcha

Membros da Igreja Adventista, em Farroupilha, no Rio Grande do Sul, adaptaram a tradicional cerimônia cristã, que é a Santa ceia, e celebraram as lições de Jesus na Última Ceia. Confira!

Entrevistas

Teologia negra: racismo, escravidão e cristianismo

Autor do livro "Teologia Negra, o sopro antirracista do espírito", Teólogo Ronilso Pacheco fala da relação entre cristianismo, racismo e escravidão. Saiba mais!

A força das missões transculturais

Conheça a Adventist Frontier Missions (AFM), um lugar para você servir as missões transculturais enquanto vê o mundo pelos olhos de Deus. Saiba mais!

Pastor Antônio Júnior: simplicidade ao explicar a Bíblia

Com 14 milhões de seguidores em todas as redes sociais, Pastor Antônio Júnior é o dono do maior canal de pregação do mundo no Youtube. Saiba mais!

Ilma Cunha: depressão e ansiedade na pandemia

Já viu como tem gente deprimida e ansiosa à nossa volta? As doenças da alma ganharam força total nesta pandemia. Confira a entrevista!