back to top
21 C
Vitória
domingo, 21 DE julho DE 2024

Um dia antes de morrer, médico deixa mensagem emocionante

médico_testemunho
Foto: Reprodução

Após seu estado de saúde se agravar por conta da covid-19, o médico, Lucas Augusto, 32 anos, foi levado para a UTI. Mas antes disso, escreveu uma mensagem emocionante em sua rede social: “Sei que meu Deus é soberano”, disse. Ele morreu no sábado (8) .

O médico neurocirurgião, Lucas Augusto Pires, 32, morreu de covid-19 no último sábado, 8, no Hospital Maringá, no Paraná. Porém, um dia antes de ser encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), fez um post emocionante em sua rede social.

“Estou indo pra UTI, devido a um agravamento do quadro de Covid19. Ficarei incomunicável, mas desde já agradeço aos amigos pelas orações. Peguei essa doença fazendo o que amo, cuidando dos meus pacientes com amor e dedicação. Faria tudo outra vez.”

A mensagem continua como registro da fé do médico, que atuava na linha de frente de combate ao coronavírus no Instituto de Saúde Bom Jesus, em Ivaiporã, região norte do estado.

“Sei que meu Deus é soberano sobre todas as coisas, seus caminhos e propósitos são sempre justos e perfeitos e que no fim todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”, escreveu o médico.

- Continua após a publicidade -

Repercussão

Por nota, o Instituto de Saúde Bom Jesus manifestou solidariedade aos familiares e amigos. “Neurocirurgião, Dr. Lucas deixa amigos e colegas e em sua passagem por Ivaiporã, embora encurtada pela fatalidade, ficará marcada pelo exemplo de grande dedicação profissional”, disse o hospital.

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM) também lamentou a morte de Lucas por nota. “Formado pela Universidade Federal do Paraná, era especialista em neurocirurgia e atuava na região de Ivaiporã. Deixa esposa, também médica, e dois filhos”, diz a nota.

“O Lucas era uma pessoa incrível, a pessoa mais inteligente que conheci na vida. Ele viveu muito, tinha pressa por tudo. A vida dele foi de muita felicidade, deu muito orgulho para todos. Mesmo com medo, não negou a fé. Ele acreditou no Deus até o fim”, contou Gabriela Pires Augusto Pinto, irmã mais velha de Lucas.

*Com informações do G1

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -