26 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho 2022

Matheus Goulart canta com a mãe Manuela Oliveira

matheus-goulart
Foto: Reprodução/ Facebook

Matheus Goulart estreia na carreira gospel com versão de A benção, gravada com sua mãe, Manuela Oliveira

Por Priscilla Cerqueira

O cantor Matheus Goulart lançou seu primeiro single no mercado gospel. A canção escolhida para a estreia na carreira foi A benção, versão de The Blessing. E com participação especial da mãe, Manuela Oliveira. A música já está disponível em todas as plataformas de streaming e também no canal do cantor no YouTube.

Matheus é a segunda geração de sua família quando se trata de músicos, e ele entende bem o que é ser abençoado de geração a geração. Ele incentiva que os filhos cantem a canção com suas genitoras, profetizando bençãos para as próximas gerações entre as famílias do Brasil.

“Eu tive o privilégio de gravar com a minha mãe e sei o quão isso é impactante para o reino de Deus. Oro para que muitos possam declarar essas palavras com suas famílias”, conta.

A canção foi gravada originalmente pelo grupo Elevation Worship, e ganhou o prêmio de “Melhor Gravação de Adoração do Ano” em 2020 pela premiação GMA Dove Award. No Brasil, a canção profética já ganhou vida em duetos com Gabriel Guedes e Nívea Soares, André Aquino e Ana Paula Valadão e Aline Barros com Lukas Agustinho.

A benção no Dia das Mães

“A Benção” foi lançada no início do mês, em comemoração ao Dia das Mães. Matheus disse que o lançamento foi uma estratégia, já que as famílias estão sendo assoladas pela covid-19. O jovem cantor encoraja vidas através da canção, trazendo uma palavra profética sobre as famílias.

“Essa canção diz muito sobre bênção, que ela se manifeste de geração em geração”, pontua o músico que tem como inspiração artistas como Paulo César Baruk, Gabriel Guedes, Isadora Pompeu e Eli Soares.

Trajetória de Matheus Goulart

Matheus começou cedo na música. Já acompanhava o grupo Ministério Além do Véu, do qual os pais participam. “Aos três anos, já me arriscava a cantar alguns trechinhos e quando completei seis anos ganhei o meu primeiro violão. Foi quando comecei os primeiros acordes. Mas, foi aos 12 que me iniciei a ministrar na igreja”, relembra.

Confira a canção

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se