21.7 C
Vitória
sexta-feira, 5 junho, 2020

Massacre deixa 135 mortos em aldeia de pastores

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Segundo dados do Google, a busca por passagem aérea no Brasil na plataforma atingiu o menor nível da série histórica, que começou em 2004

Líderes mundiais falam de vacina e coronavírus em evento para levantar US$ 7,4 bi

Representantes de mais de 50 países, incluindo 35 chefes de Estado ou de governo, participaram do Global Vaccine Summit, para arrecadar US$ 7,4 bilhões em recursos.

Novo record de mortes por covid-19 no Brasil; total vai a 32.548

Nas últimas 24 horas foram contabilizados 1.349 mortes por covid-19 no Brasil.

A igreja cresce e floresce graças à perseguição

Apesar de toda pressão aos cristãos no Norte da África, a igreja tem expandido rapidamente na região

O ataque ocorreu na cidade de Ogossagou-Peul, em Mali, por volta das 5h da manhã

Uma aldeia de pastores da etnia fulani na região central de Mali foi atacada por homens armados que deixaram 135 mortos, no último sábado (23). O ataque foi um dos mais letais da região que sofre com uma violência étnica e jihadista cada vez maior. Mali é o sétimo maior país da África.

O ataque na vila de Ogossagou aconteceu depois que uma missão do Conselho de Segurança da ONU visitou Mali para tentar encontrar soluções para a violência que matou centenas de civis no ano passado e se espalha pela região de Sahel, no oeste africano. A aldeia foi incendiada.

Moulaye Guindo, prefeito de Bankass, cidade próxima, disse que homens armados, vestidos como tradicionais caçadores Donzo, cercaram e atacaram Ogossagou. “É uma contagem de mortos muito alta. A vila de Ogossagou está completamente devastada”, relatou.

TESTEMUNHA

Um morador da vila, que pediu para não ser identificado, disse que o ataque pareceu ser uma retaliação à reivindicação de responsabilidade de afiliados da Al Qaeda, por um ataque, na semana anterior, que matou 23 soldados.

No entanto, o grupo alegou que seu ataque foi, por sua vez, um ato de vingança, pela violência exercida contra os Peul pelas milícias e pelo Exército.

Os Peul coexistiram pacificamente por algum tempo com os bambara, mas a pressão econômica e a infiltração de militantes islâmicos aumentaram a tensão. A violência no Mali, uma vez confinado ao do deserto do norte, se espalhou para o sul nos últimos anos , em parte, para o recrutamento de jihadistas entre Peul marginalizados, que vivem principalmente no centro do país.

PAÍS

O Mali está localizado na África Ocidental, tem cerca de 17,9 milhões de habitantes e uma população basicamente muçulmana (90%), apenas 5% são cristãos e o restante, de diversas  religiões. O idioma oficial é francês, mas há outras línguas faladas no país.

Este foi o pior massacre de que há registo no país desde a intervenção liderada pela França, em 2013, para erradicar os grupos jihadistas que assumiram o controle do norte do território.


leia mais

“O clima é de tensão e tristeza”, diz morador de Suzano
Nova Zelândia – Tragédia na mesquita deixa 50 de mortos

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro Sepal em nova data

A data do encontro Sepal, que aconteceria em maio foi alterada para setembro. Medida foi tomada de acordo com as práticas para o enfrentamento da propagação do coronavírus

Vila Mix em Casa Gospel com grandes nomes

Grandes nomes do meio evangélico do Brasil como André Valadão e Deive Leonardo vão participar do VillaMix em Casa Gospel. Evento será transmitido pelo youtube. Saiba mais!

“Carreata da solidariedade”, Marcha para Jesus em SP

Realizada pela organização da Marcha para Jesus, a ação foi batizada de “Carreata da Solidariedade” e será realizada no dia 13 de Junho

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Devocional para profissionais de saúde

Na linha de frente do combate ao Covid-19, os profissionais de saúde têm se exposto a riscos a fim de cumprir sua heroica vocação

Música evangélica de luto! Morre a cantora Fabiana Anastácio

Fabiana Anastácio, 45 anos, estava internada em um hospital de São Paulo e teve complicações após contrair a doença por ser hipertensa, obesa e diabética

Lições da Escola Bíblica em libras

Conteúdo está disponível no canal da CPAD no Youtube. Todos os vídeos com as aulas estão em libras

“A injustiça promove a ira de Deus”, diz Priscilla Alcantara

A artista usou suas redes sociais para expressar sua indignação com o racismo, o que ela chamou de "injustiça"