28.1 C
Vitória
sexta-feira, 15 janeiro 2021

Marina Silva se diz contra aborto e legalização da maconha

Marina Silva (PV), pré-candidata à Presidência, evitou entrar em polêmicas durante entrevista à rede RBS na manhã desta terça-feira (18). Marina afirmou que é contra o aborto e a legalização da maconha, mas defendeu uma consulta popular sobre os dois temas.

“Tenho uma posição contrária ao aborto, mas diria que esse assunto não é de fácil solução. […] Defendo um plebiscito para que a sociedade se pronuncie. […] Óbvio que as mulheres não fazem [o aborto] como método contraceptivo, fazem em um momento de desespero”, afirmou.

Questionada sobre a legalização da maconha, Marina disse que discorda da posição do amigo Fernando Gabeira (PV) e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Gabeira e FHC são favoráveis à legalização da droga como um das maneiras para enfraquecer o tráfico de drogas. “Liberar não ajudaria a combater o tráfico. Defendo um plebiscito”, disse Marina.

Jornada de trabalho

Ao contrário da petista Dilma Rousseff (PT), Marina declarou que é a favor da redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. A senadora afirmou que é preciso diminuir o número de empregos informais no país.

Na última segunda-feira (17), Dilma disse em entrevista à rádio CBN que a questão não cabe ao governo federal e deve ser resolvida mediante um acordo entre empresários e sindicatos.

Marina, que pediu licença do Senado até junho, explicou também que, se eleita, quer fazer um “pacote de reformas”. “Vou tentar chamar uma Constituinte exclusiva para fazer as reformas que o país precisa”, disse.

A pré-candidata voltou a afirmar que voltará ao Senado para votar o aumento de 7,7% para os aposentados que recebem acima de um salário mínimo, tema que deverá ser debatido nesta semana pelo Plenário da Casa.

Em relação à política econômica adotada pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva para controlar a inflação, Marina esclareceu ser contra o aumento dos juros. Ela defendeu a redução dos gastos públicos para manter a inflação baixa.

Prefeitos analisam presidenciáveis

No debate entre pré-candidatos à Presidência, durante o 27º Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte, prefeitos analisaram o desempenho de Marina Silva, do PV, de Dilma Rousseff, do PT, e José Serra, do PSDB.

Para o prefeito de São Pedro da União, Paulo Geraldo Pereira (PMDB), Marina foi a mais pontual nos temas abordados. “Ela (Marina) conseguiu passar mais segurança para os prefeitos. Isso foi bom. Ela foi mais clara nas questões. Além de tudo, ela mostrou confiança. E isso foi fundamental para quem assistiu ao debate”, afirmou Pereira, da base aliada de Dilma.

O prefeito de Maravilhas, Graciliano Garcia Capanema (PPS), que apóia Serra, destacou que Marina conseguiu responder a todas as perguntas, sem desviar dos assuntos. “Fiquei balançado com Marina. Ela teve capacidade de organizar as ideias e expor suas propostas”, afirmou.

Valdir Martins (PTB), prefeito de Córrego Fundo e aliado de Dilma, disse que Marina teve um discurso mais independente em relação aos adversários. “O Serra ficou preocupado em falar de gestões do PSDB. E a Dilma saiu em defesa do governo do presidente Lula. Marina foi mais clara, não fugiu das perguntas”.

 

Com informações do R7

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Manaus vai transferir 235 pacientes com covid-19 para 7 estados e DF

O transporte será feito em parceria com o Ministério da Defesa por duas aeronaves da Força Aérea Brasileira com capacidade de 25 pacientes

Juíza federal dá 24h para União e AM apresentarem plano para oxigênio

Os órgãos pedem uma liminar urgente para obrigar os governos federal e estadual a agirem para resolver a situação de desabastecimento de oxigênio

Itamaraty: Índia tem ‘boa vontade’ para liberar vacina

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, disse que é "muito cedo" para falar sobre exportação de vacinas para outros países

Morre o pai da cantora Cassiane

O anúncio de sua morte foi feito pelas redes sociais de Cassiane. As causas da morte ainda não foram reveladas pela família. Saiba mais!

Cresce pressão por impeachment de Bolsonaro

circula nas redes e em aplicativos de mensagens uma convocação de opositores do governo para um "panelaço" nesta noite às 20h30

PT vai ao STF para pedir atuação do governo federal na crise de Manaus

O estoque de oxigênio se esgotou em diversos hospitais e pacientes morreram por asfixia, segundo relato de médicos

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Morre o pai da cantora Cassiane

O anúncio de sua morte foi feito pelas redes sociais de Cassiane. As causas da morte ainda não foram reveladas pela família. Saiba mais!

Juliano Son e seu “Voaremos”

Em parceria com Júlia Vitória, o artista inicia 2021 desejando novos vôos ao vento do Espírito Santo. Saiba mais!

Larry e Devi Titus em a vida a dois como você nunca viu!

Em "Ele diz, ela diz", Larry e Devi Titus traz uma abordagem inovadora, dedicada a casais em que marido e mulher têm personalidade marcante e atuam em alguma esfera de liderança

Amanda Wanessa apresenta melhoras em seu quadro de saúde

Cantora sofreu um acidente grave na semana passada. Nas redes sociais, família informou que Amanda Vanessa está sem sedativos e com a pressão normal. Saiba mais!