26.3 C
Vitória
sábado, 10 abril 2021

Lenda da indústria da música, Mariah Carey e o despertar da fé

Em seu livro “The Meaning of Mariah Carey” (O significado de Mariah Carey), a cantora pop , Mariah Carey, disse que depois de encontrar o Espírito Santo durante sua juventude, sua fé em Deus foi despertada

Reconhecida como uma lenda na indústria da música, a cantora Mariah Carey, 50 anos, lançou um livro em que conta suas experiências espirituais e como Deus salvou sua vida. Obra tem como título “The Meaning of Mariah Carey” (O significado de Mariah Carey).

A artista, denominada pelo Guinness Book of World Records como a “Songbird Suprema”,  alcançou a fama pela primeira vez em 1990 com o lançamento de seu primeiro álbum.

Mariah diz que depois de encontrar o Espírito Santo durante sua juventude, sua fé em Deus foi despertada. No entanto, isso foi posto à prova várias vezes quando ela alcançou a fama na indústria musical.

Graça de Deus

A estrela pop enfatizou em seu livro que foi Deus quem salvou sua vida diversas vezes. Mariah relata que foi a “graça de Deus” que a salvou de suas experiências sombrias durante sua infância.

Em 1993, a artista lançou a música “Anytime You need a friend”. Só recentemente revelou que a composição foi um reflexo de seu relacionamento com Deus. “Escrevi essa música pensando no que Deus nos diria em tempos de medo”, observou.

Deus me salvou

Depois de deixar um casamento de quatro anos que parecia ser uma prisão para ela, Mariah diz que Deus a salvou novamente. Um cantor de apoio e amigo a apresentou a uma igreja que a ajudou a reconstruir sua vida.

“Depois que estive quebrantada, recebi uma bênção. Os problemas e traumas que suportei não foram apenas emocionais, mas também espirituais, mas também procurei curar minha alma. Eu sabia que tinha que reviver e renovar meu relacionamento com Deus”, confessou.

Relacionamento com Deus

A cantora pop conta que encontrou uma família por meio da comunidade de sua igreja que a ajudou a crescer em seu relacionamento com o Senhor.

“No meio de uma violenta tempestade, muito jovem, tive um vislumbre da visão de Deus para mim e quando criança despertei para o meu sonho. Eu acreditava com todo o meu ser no que eu deveria fazer e quem eu deveria ser, muito antes de qualquer outra pessoa, e manter essa crença exigia tudo o que eu tinha”, disse Mariah.

“Ao longo do caminho, recebi sinais de esperança, mas principalmente enfrentei o caos e a calamidade, tristezas e traições para me descarrilar, alguns quase me mataram ou pior, quase mataram meu espírito”, lembra. “No final e no início, é tudo uma questão de fé para mim. Eu não posso definir isso, mas me definiu.”

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se