back to top
19.4 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Março: Mês de prevenção de doenças renais em pets

Março: Mês de prevenção de doenças renais em pets - Foto: Mikhail Nilov

Realizar visitas periódicas ao veterinário é o melhor remédio para prevenção da doença renal crônica em pets

O mês de março – Março Amarelo, para a medicina-veterinária – é dedicado à prevenção de doenças renais em pets. Elas estão entre as principais causas de óbito de cães e gatos acima dos 7 anos de idade e, em graus diversos, chegam a acometer até 60% da população de pets idosos. Quando o problema se torna crônico, ele não tem cura, mas o diagnóstico precoce pode proporcionar melhor qualidade de vida para o pet.

Segundo a médica-veterinária Vânia Ramos, nefrologista da Lifepet, a enfermidade é a presença de uma lesão renal persistente (mais de 3 meses), que se caracteriza por perda irreversível do tecido funcional e progressiva perda de função renal. Entre os sintomas estão: vômitos, diarreia, aumento da ingestão de água, alteração no volume de urina (para mais ou para menos) e diminuição do apetite e emagrecimento.

O diagnóstico deve ser feito por meio de exames de sangue completos – principalmente com mensuração da taxa de ureia e creatinina, e de imagem – o ultrassom abdominal é o exame de escolha que pode demonstrar alterações em arquitetura renal. Além da avaliação da pressão arterial sistêmica e exames de urina.

Após o diagnóstico é realizado o estadiamento deste paciente doente renal crônico. “Classificar este paciente é fundamental para compreender a evolução do quadro. O tratamento portanto, vai se basear nas alterações clínicas observadas como por exemplo: se o paciente é hipertenso deverá fazer uso de medicações para controle desta pressão”, explica médica. Além disso, medidas de nefroproteção (prevenção contra nefropatia, uma das causas mais comuns de insuficiência renal) são tomadas para que se evite a indução ou progressão da doença renal crônica tais como: manter a hidratação, realizar exames rotineiros que avaliem a lesão renal, tratar as doenças de base, monitorar a função e possíveis danos ao rim.

- Continua após a publicidade -

Mas a prevenção é possível. Realizar visitas periódicas ao veterinário é o melhor remédio para prevenção da doença renal crônica, uma vez que se trata de uma doença silenciosa, a qual às vezes os sintomas podem não ser tão claros. “O diagnóstico precoce permite que se monitore o paciente por mais tempo, antecipando a identificação de fatores causadores de lesão e permitindo a implementação de tratamentos prévios”, reforça a nefrologista Vânia Ramos.

E acrescenta: “deixar água sempre disponível e fresca, oferecer uma alimentação de qualidade e realização de atividades físicas tem seu importante papel na prevenção”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -