Marcha para Jesus reúne milhares de bolivianos 

Foto: Facebook

Principais ruas de Santa Cruz, Sucre, La Paz e Oruro foram tomadas por bolivianos. Foi a primeira Marcha para Jesus após a tentativa do governo censurar a manifestação de evangélicos no país.

Evento foi organizado pela Associação Nacional de Evangélicos da Bolívia (ANDEB). Catolicos também participaram da manifestação. Além da caminhada pelas principais ruas, grupo invocou o nome de Deus e fez orações em favor do pais. Faixas e cartazes mencionaram a defesa da vidada, da família e da liberdade de culto.

“Queríamos, como cristãos, dar uma mensagem à Bolívia: a Igreja está unida, nos princípios e valores que acreditamos. Fomos às ruas proclamando melhores dias para a família, especialmente para nossas crianças e jovens. Fizemos uma intercessão profética por todas as famílias da Bolívia. Também proclamamos que a Bolívia tem um dono, chamado de Jesus Cristo”, disse o pastor Oscar Menacho, um dos líderes do evento.

Marcha para Jesus foi a primeira após a tentativa do Governo criminalizar o evangelho no país. Foto: Facebook

Evangélicos também intercederam pelas autoridades da Bolívia. “Oramos em favor de todas as autoridades constituídas no país porque queremos proclamar que a mão de Deus está sobre cada uma das autoridades e que eles possam abrir os olhos para a verdade incontestável que está na Palavra do Senhor. Também declaramos que Deus está acima de todas as autoridades para sempre estará entronizado”, encerrou.

Veja o vídeo


Leia mais

Presidente da Bolívia volta atrás na decisão de criminalizar evangelismo