Manual ajuda igrejas entenderem seus direitos

Foto: Reprodução

O “Manual prático de Direito Religioso” ajuda igrejas a entenderem melhor seus direitos.

O mercado evangélico conta com uma novidade. O “Manual Prático de Direito Religioso”, voltado para igrejas. A obra vai ajudar pastortes e líderes ministeriais das instituições religiosas a entenderem melhor seus direitos.

O Manual foi elaborado pelo doutor em Ciência da Religião, Antônio Carlos da Rosa Silva Júnior, que é membro da Quinta Igreja Presbiteriana de Juiz de Fora (MG). Segundo ele, além fas igrejas, o manual também vai ajudar juristas.

“A ideia do livro surgiu a partir da constatação prática, em palestras nas igrejas, de que muitas comunidades não conhecem seus direitos e deveres.

O objetivo é ser prático, discutindo casos judiciais, e com uma linguagem acessível”, explica o autor.

Antônio Carlos atua em assuntos sobre Direito e fé há 14 anos. Ele entende que  obra é muito relevante para os dias atuais. Devido a quantidade de projetos de leis que impactam as religiões. Um dos assuntos retratados é a decisão do STF em criminalizar a homofobia.

“Vivemos tempos nos quais as igrejas são constantemente atacadas no exercício da fé. Um caso recente foi a decisão do STF que criminalizou a homofobia. Propomos saídas legais para essa e outras questões cotidianas, como criação de Estatuto, admissão e demissão de membros, disciplina eclesiástica, uso do púlpito, capelania, liberdade religiosa, imunidade de impostos”, explicou.


Leia mais

Como remunerar o pastor da sua igreja