24 C
Vitória
sexta-feira, 16 abril 2021

Mais de 1,7 bilhão de pessoas em confinamento no mundo por pandemia

De acordo com autoridades, nessa última segunda-feira Índia tinha ao menos 700 milhões de pessoas sob medidas de confinamento, total ou parcial. Saiba mais!

Mais de 1,7 bilhão de pessoas em mais de 50 países ou territórios receberam recomendações das autoridades para que permaneçam confinadas em suas casas para combater a propagação da COVID-19, segundo uma base de dados da AFP.

Ao menos 34 países e territórios adotaram medidas de confinamento obrigatório para sua população, o que inclui mais de 659 milhões de pessoas. Este é o caso da França, Itália e Argentina, assim como o estado da Califórnia (Estados Unidos), Iraque ou Ruanda.

A Grécia é o caso mais recente de país a entrar para a lista, a partir desta segunda-feira. Colômbia e Nova Zelândia adotarão a medida na terça-feira e quarta-feira, respectivamente.

A Índia tinha nesta segunda-feira ao menos 700 milhões de pessoas sob medidas de confinamento, total ou parcial, segundo as autoridades.

“Temos 19 estados e territórios da União em confinamento total. Outros seis estados e territórios da União estão em confinamento parcial e outras três regiões também adotaram medidas”, declarou Luv Aggarwal, alto funcionário do ministério indiano da Saúde.

Em pelo menos outros quatro países (com mais de 228 milhões de habitantes no total), como Reino Unido, Alemanha e Irã, o apelo para a permanência em casa é uma recomendação.

Outros 10 países ou territórios (mais de 117 milhões de pessoas) aplicam o toque de recolher durante a noite. Este é o caso do Chile, Burkina Faso, ou cidades como Manila (Filipinas). Alguns países colocaram cidades em quarentena, como Bulgária ou Cazaquistão. Estas cidades totalizam 10 milhões de habitantes.

*Da Redação, com informações da AFP e UOL.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se