back to top
20.9 C
Vitória
quinta-feira, 30 maio 2024

Maior denominação dos EUA aumenta investimentos em missões

Foto: Reprodução

“Os Batistas do Sul são uma força para o bem. Estamos compartilhando o Evangelho com mais pessoas, reunindo-nos para adoração e estudo bíblico em números cada vez maiores”

Por Patricia Scott 

Em 2023, as igrejas que fazem parte da Convenção Batista do Sul (SBC, sigla em inglês) registraram aumento de gastos com missões em 9%, o que representa quase 800 milhões de dólares. A informação faz parte do Perfil Anual da Igreja. Cabe destacar que as igrejas norte-americanas são as que mais enviam missionários ao redor do mundo. 

“Os Batistas do Sul são uma força para o bem. Estamos compartilhando o Evangelho com mais pessoas, reunindo-nos para adoração e estudo bíblico em números cada vez maiores, doando bilhões para apoiar igrejas que servem comunidades em todo o nosso país e enviando milhões para apoiar empreendimentos missionários em todo o mundo”, afirmou Jeff Iorg, presidente eleito da Comitê Executivo da SBC.

Ainda segundo dados do Perfil da Igreja, houve aumento no número de batismo, como também crescimento na presença de fiéis nos cultos e participação em pequenos grupos. O total de batismos cresceu quase 26%, para mais de 226 mil aproximando-se dos níveis pré-pandémicos.

- Continua após a publicidade -

Os batismos foram mais frequentes em estados do Sul, como Flórida, Texas e Geórgia, embora aumentos notáveis também tenham sido observados fora da região. A Califórnia – estado mais progressista dos EUA – liderou o crescimento do número de batismos registrando um aumento de 248%, e estados como Colorado, Utah, Idaho e Alasca também tiveram um crescimento significativo.

O ritmo de perda de membros diminuiu, embora apenas 69% das igrejas filiadas tenham respondido ao questionário do Perfil da Igreja. O número total de congregações Batistas do Sul também recuou em 292, totalizando 46.906 igrejas.

“Embora muitas vezes resolvamos nossas deficiências, também é bom fazer uma pausa e celebrar o bem global que os batistas do sul estão realizando”, ressaltou Jeff ao reagir às críticas que a convenção sofreu ao longo dos últimos anos.

A média de frequência semanal ao culto ultrapassou quatro milhões pela primeira vez em três anos, enquanto a participação presencial em pequenos grupos atingiu quase 2,5 milhões. Os tradicionais tradicionais batistas, como Texas, Flórida e Carolina do Norte, apresentaram bons índices. No entanto, estados fora do Sul, como Colorado, Utah e Idaho, relataram os maiores aumentos percentuais, sugerindo o impacto geográfico crescente da denominação. Com informações The Christian Post 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -