20.8 C
Vitória
sábado, 4 julho, 2020

Lydia Moisés conta as novidades do novo CD

Mais lidas

Flexibilização do isolamento pode ter levado 1,1 milhão de volta ao trabalho

Segundo a Pnad Covid, pesquisa divulgada pelo IBGE, de 7 a 13 de junho, a taxa de desemprego no País estava em 12,4%, ante 11,8% na semana anterior

Bolsonaro sanciona lei que torna obrigatório o uso de máscara

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Saiba mais! 

Desigualdades e baixo aprendizado são os maiores desafios na educação

Relatório do Inep aponta desafios para cumprir metas do PNE. Saiba mais! 

Bolsonaro escolhe Renato Feder como novo ministro da Educação

A expectativa é que o anúncio seja feito ainda nesta sexta-feira (3). Saiba mais!

Em entrevista, a cantora Lydia Moisés conta como está seu novo projeto lançado intitulado “Vai Tudo Bem” que já está em todas as lojas do Brasil. Na entrevista ela fala sobre a gravação da música “Nunca Pare de Lutar”, de Ludmila Ferber, que foi uma grande experiência na sua vida durante um acidente de carro em que ficou 35 dias no hospital.

Confira:

– Este é seu quinto trabalho solo. Ao conferir o resultado final, você pode classificar que o álbum “Vai Tudo Bem” é um dos seus melhores projetos até então?

– Muito difícil responder essa pergunta. Porque na verdade todos os CDs são como filhos em nosso ministério, cada CD chega em uma fase da nossa vida que já estamos mais maduros, mas com certeza posso dizer que este trabalho está diferenciado. Todos os hinos são fortes, tem pop, pentecostal, eletrônica, rock, adoração… Estou muito feliz com o CD “Vai tudo bem” e não vejo a hora de todos poderem ouvir e cantar os hinos em suas igrejas.

– Você é considerada uma das mais belas vozes do cenário gospel na atualidade. Mas sabemos que um bom disco não é feito somente da qualidade vocal, mas principalmente do repertório e arranjos. Fale-nos mais a respeito desse CD e de alguns de seus pontos fortes.

– O momento da escolha de repertório é o mais delicado, porque a música tem que primeiro falar comigo para depois eu passar a mensagem que o Espírito Santo quis dizer através do compositor. As músicas são lindas e os arranjos também. Fiz questão de participar da gravação da bateria neste CD porque eu já sabia em meu coração o que queria, assim como as letras são fortes eu queria um som mais pesado, que passasse realmente o que eu senti assim que ouvi o hino.
A música “Vai tudo bem”, que leva o título do CD, falou muito comigo. No mesmo instante eu chorei muito e já sabia que este hino também falaria com muitas pessoas. A música “Fortalezas de Adoração” é pentecostal e o autor Tony Ricardo fez especialmente a meu pedido. A faixa “Instrumento de Deus” é muito forte e nos lembra que toda honra pertence ao Senhor. Enfim, tudo muito lindo.

– Sua agenda é uma das mais intensas. Com o lançamento deste novo projeto você conseguirá reservar algumas datas para promoção ou uma turnê de divulgação? Como será o trabalho de lançamento deste novo projeto?

– A agenda está cheia mesmo, graças a Deus, mas nos esforçaremos para fazer a turnê de divulgação em todos os estados que pudermos. Acho muito importante essa parte também no lançamento do CD.

– Você regravou a música “Nunca Pare de Lutar”, sucesso na voz de Ludmila Ferber. Conte-nos sobre a relação desta canção com a sua vida.

– A música “Nunca Pare de Lutar” foi lançada pouco tempo antes de eu sofrer um acidente de carro no início de 2006. Minha irmã estava ouvindo esse hino no carro quando soube que eu tinha sofrido um sério acidente. E todo tempo que eu fiquei no hospital, durante 35 dias, nós cantávamos essa música e se tornou a “minha música”. Desde então louvo esse hino na igreja e Deus fala comigo. Quando pedi para regravar a música e a pastora Ludmila aceitou, eu chorei em agradecimento, acredito que a ela nem saiba o tanto que essa música me ajudou nesse período difícil que passei. Hoje todas as vezes que ouço o novo CD e chega nessa música eu me lembro do quanto Deus fez por mim me ressuscitando dentro de um carro batido.

– Com o lançamento do novo disco, muitos objetivos serão traçados. Ainda há muitos sonhos a se realizar? Quais suas expectativas com este novo projeto pela Sony Music?

– Sempre sonho, sou uma sonhadora, acredito que quando paramos de sonhar perdemos a alegria da vida, e a vida é muito maravilhosa, devemos agradecer por ela todos os dias. Espero que este CD alcance muitas vidas e que traga mais fé e esperança aos que precisam ao ouvir esses hinos. Chegou a hora!!! Foi tudo preparado para Deus e para vocês com muito amor, dedicação e carinho. Muito obrigada a Sony Music por mais uma vez me ajudar a levar mais longe a palavra de Deus, vocês são maravilhosos.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli