24 C
Vitória
quarta-feira, 21 abril 2021

Luiz Sayão, vítima de intolerância: “nunca imaginei”

A Wikipédia censurou o diretor da Faculdade Batista de São Paulo, o pastor e hebraísta Luiz Sayão, supostamente por não evidenciar “notoriedade” e “relevância”

O pastor Luiz Sayão, da Igreja Batista Nações Unidas, São Paulo, teve suas informações deletadas na Wikipedia, um projeto de enciclopédia multilíngue de licença livre, baseado na web e escrito de maneira colaborativa, nesta terça-feira, 23.

Sayão usou suas redes sociais para informar o ocorrido, e diz que ficou surpreso com a ação. “Informações sobre meu histórico de trabalho foram deletadas sem motivo razoável. Lamentável! Uma atitude de intolerância e repressão”, afirmou o pastor.

Luiz Sayão é professor em seminários no Brasil e nos Estados Unidos, além de escritor, linguista e mestre em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica pela Universidade de São Paulo (USP).

Intolerância

A Wikipédia censurou o diretor da Faculdade Batista de São Paulo, o pastor e hebraísta Luiz Sayão, supostamente por não evidenciar ‘notoriedade’ e ‘relevância’. “Sugeriu uma questão suposta de notoriedade. Nem sei quem criou o verbete. Nunca imaginei, até por ser pacífico e conciliador”, completou Sayão.

Veja a página deletada no Wikipédia

wikipedia-Sayão
Foto: Wikipedia

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se