Ludmila Ferber participa do show da banda Calypso

A pastora e cantora Ludmila Ferber participou da gravação do DVD em comemoração aos 15 anos de carreira da banda Calypso no dia 23 de novembro. O show foi realizado na Praça do Relógio, em Belém, Pará e contou com a participação de mais de 100 mil pessoas. Ludmila cantou duas de suas canções “Unção sem limite” e “Buscar tua face é preciso”, músicas que marcaram a vida de Joelma que se emocionou, não conseguindo conter as lágrimas durante a apresentação. Ela e a pastora chegaram a se ajoelhar enquanto cantavam.
Em seu perfil no Facebook, Ludmila Ferber foi bombardeada por mensagens contra sua parceira com a Calypso, assim como recebeu apoio de alguns de seus admiradores. Ela gravou um vídeo pedindo a seus seguidores o apoio em oração enquanto estivesse participando da gravação.
“Eu tive essa alegria de receber o convite da Joelma para cantar duas músicas que marcaram a história dela nos momentos difíceis. Segundo ela, essas canções têm ministrado seu coração e eu vejo isso como uma oportunidade do céu, estar ali fortalecendo, abençoando e liberando palavras de vida, para a vida dessa preciosa guerreira, num momento tão significativo na carreira deles onde eles completam 15 anos e o público deles poderá ouvir da palavra de Deus, da boa nova da salvação. E são duas canções muito profundas e eu tenho certeza que se falou no coração dela vai falar pra esse público que a acompanha. Eu acho tremenda essa oportunidade de poder liberar palavras tão poderosas na vida da Joelma que tem feito uma carreira linda. Estou muito feliz em poder ser um canal de Deus, porque é Cristo em nós, a esperança da glória de Deus sobre a terra. Esse é o nosso papel como cristãos, como homens do céu. Assim como Jesus fez, caminhando com todas as pessoas e demonstrando o amor de Deus, esse amor genuíno, puro, por cada uma delas, esse é o sentido do cristianismo: amar com o amor de Deus, que não existe condições para amar, que exala a misericórdia, a graça e a compaixão. Estou muito feliz. Estejam orando por mim, porque eu preciso de cobertura da oração de vocês”, justificou.