Logos Hope em Salvador: milhares de visitantes e polêmica

Fila para entrar no Navio Logos Hope em Salvador (BA) (Foto: Assessoria)
Fila para entrar no Navio Logos Hope em Salvador (BA) (Foto: Assessoria)

O navio Logos Hope está aberto para a visitação pública em Salvador (BA)

O navio Logos Hope chegou a capital baiana na última sexta (25). Atracado no Porto de Salvador, a embarcação vai ficar na cidade até a terça-feira, 12 de novembro. A visitação ao navio tem alcançado recorde de público desde que chegou ao país.

Em levantamento realizado pela redação de Comunhão com base no número de visitantes nas estadias nos portos do Brasil – Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES) – mais de 300 mil visitantes já passaram pela embarcação. A expectativa para Salvador (BA) é a mesma das outras cidades: “tivemos milhares de visitantes neste fim de semana”, declarou o Diretor da Operação Mobilização (OM) Brasil, Marcio Lugão, entidade responsável pelo navio.

O Logos Hope chegou ao Brasil no dia 24 de agosto. Desembarcou no porto de Santos (SP) onde ficou até o dia 15 de setembro. Logo depois, se deslocou para o Rio de Janeiro (RJ) onde permaneceu até 6 de outubro. Seguiu para Vitória (ES) onde ficou atracado até o dia 20 de outubro.

Polêmica

A Logos Hope pertence a OM. Desde que chegou a Salvador no dia 24, uma declaração da OM internacional nas redes sociais gerou uma acirrada polêmica. Entretanto, em comunicado, a OM Brasil explicou que a “declaração” não foi sancionada pela organização e “de nenhuma maneira” reflete os princípios do grupo sobre “liberdade religiosa”.

“Lamentamos profundamento o ocorrido com a nota emitida na Alemanha no dia 22 de outubro de 2019 em nome da organização, como sendo a visão do navio Logos Hope e da OM no Brasil”, diz o comunicado da Logos Hope no Instagram.

A organização reforçou que a nota “não reflete, de nenhuma maneira, seus princípios e valores que são a educação, a liberdade religiosa, o respeito, a tolerância e o amor ao próximo”.

“Nós vivemos diariamente e alegremente estes valores. São para nós muito caros. Acreditamos que o povo baiano reflete estes valores e é um exemplo de tolerância e multiculturalismo. Temos enorme felicidade de estar aqui com vocês, vivendo esta experiência, compartilhando e aprendendo”, reforça a nota.

Os navios da OM operam por quase 50 anos. Mais de 150 países já foram visitados pela embarcação. A tripulação é um conjunto de mais de 60 nacionalidades diferentes. O fato ocorrido é inédito na entidade, que lamenta a situação tomar tal proporção.

“Jamais experimentamos uma situação similar. Lamentamos profundamente o ocorrido e reiteramos nossos valores, sobretudo o respeito e a tolerância”, acrescentou a nota.

CONFIRA  A DECLARAÇÃO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Logos Hope (Salvador, Bahía) (@logo

shopesalvador) em

PRÓXIMA PARADA

Belém (PA) será a próxima das cinco cidades brasileiras que receberá o Logo Hope e a sua maior livraria flutuante do mundo. A previsão para que o navio atraque na cidade das mangueiras é 18 de novembro e fique até 5 de dezembro.

Navio Logos Hope em Salvador
De 24 de outubro até 5 de novembro 
10h às 21h (de terça a sábado) e das 14h às 21h (aos domingos)
Porto de Salvador
Entrada: R$5,00 – crianças menores de 12 anos e adultos maiores de 65 anos têm entrada franca

LEIA MAIS

Navio Logos Hope chega a Salvador (BA) 
Navio Logos Hope chega a Vitória (ES) 
Logos Hope já está no Rio de Janeiro para visitação 
Brasileiro a bordo do Logos Hope:”me divirto muito”