25.2 C
Vitória
segunda-feira, 21 junho 2021

MS: Líderes religiosos poderão entrar no grupo prioritário para vacina

Deputado Lídio Lopes, autor da proposta, disse que os pastores lidam com muitas pessoas enfermas em busca de auxílio espiritual e precisam se proteger

Por Priscilla Cerqueira 

No Mato Grosso do Sul, pastores, bispos ou líderes religiosos credenciados poderão entrar na lista de prioritários da vacina contra a covid-19 em todo o Estado. A solicitação  partiu da Assembleia Legislativa do Estado, através de projeto de lei do deputado Lídio Lopes (PATRI).

“Esses líderes são colocados em situação de vulnerabilidade e risco ao contágio de várias doenças, inclusive a covid-19, doença que infelizmente ceifou a vida de muitos cidadãos”, justifica o proponente do projeto. Segundo ele, pastores e líderes lidam de forma direta com pessoas enfermas, que buscam ajuda espiritual.

O projeto está em tramitação na Casa de Leis e em breve será votada em plenário. Se aprovada, segue para análise do governador do Estado, Reinaldo Azambuja.

Importância

O projeto de lei foi apresentado na sessão da última terça-feira, 11. O autor da proposta explicou que o projeto foi apresentado para dar força à discussão. Para ele, é necessário aprovar o projeto para levar a demanda a ter a atenção nacional junto a outras forças políticas.

“O intuito é diminuir a disseminação do vírus e salvar vidas, foram tomadas medidas amparadas pela ciência, dentre as quais está a vacinação”, afirma.

*Com informações adicionais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se