26.9 C
Vitória
sábado, 19 setembro 2020

Líderes árabes querem paz com Israel

Leia também

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

O parlamentar egípcio Mohammed Anwar Sadat,participou da reunião, ele é sobrinho do ex-presidente Anwar Sadat, assassinado por fazer as pazes com Israel em 1981

A maior parte do Oriente Médio apoia o movimento de boicotes, sanções e desinvestimentos (BDS) contra Israel. No entanto uma nova iniciativa árabe está combatendo as sanções, incentivando parcerias econômicas entre o mundo árabe e o Estado Judeu.

Líderes de 15 países do Oriente Médio vieram a Jerusalém nesta semana para denunciar publicamente o BDS. Assim, representam o Conselho Árabe de Integração Regional, composto por 32 artistas, diplomatas e líderes de países árabes.

Durante a conferência, eles assinaram uma declaração detalhando compromisso com a oposição à BDS. De acordo com Mostafa El-Dessouki e Eglal Gheita, que fazem parte do conselho, o BDS prejudicou mais o mundo árabe do que Israel.

“Eles perderam os benefícios econômicos de formar parcerias com israelenses”, argumentam.  Assim também destacam “o comércio poderia fornecer tecnologia de dessalinização para o Iêmen ressecado ou mais investimentos na Jordânia, onde as taxas de desemprego são esmagadoras”, continuam.

Os líderes acreditam que “o movimento de exclusão impediu os árabes de resolver as tensões entre israelenses e palestinos. Facções como o Hamas, receberam apoio de numerosas potências, mas os palestinos que lutam de maneira justa e pacífica para construir instituições para um futuro Estado dificilmente conseguem encontrar parceiros árabes “, disseram.

RETALIAÇÕES

O parlamentar egípcio Mohammed Anwar Sadat,participou da reunião, ele é sobrinho do ex-presidente Anwar Sadat, assassinado por fazer as pazes com Israel em 1981. Juntamente com o ex-ministro da Informação do Kuwait Sami Abdul-Latif Al-Nisf e dois líderes religiosos islâmicos importantes – Hassen Chalghoumi, clérigo tunisino e imã libanês Saleh Hamed.

Eles se uniram para denunciar o anti-semitismo e propor preencher a lacuna entre Israel e os vizinhos árabes. El-Dessouki e Gheita disseram que muitos outros queriam ficar com eles em Jerusalém, no entanto foram intimidados por seus governos.

“Para reconstruir a região, precisamos romper com essa história trágica. Para acabar com os boicotes a Israel, aqueles que acreditam na cooperação regional devem desafiar essa percepção com honestidade sobre Israel e idéias construtivas sobre o nosso futuro compartilhado”, finalizam.

*Da redação, com informações de CBN news 


LEIA MAIS

Egito abre fronteira com Faixa de Gaza 
Cantora inicia campanha para beneficiar moradores de Gaza 
Gantz não forma governo e Israel tem bloqueio político

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Sérvia vai transferir embaixada em Israel para Jerusalém

Comunicado foi feito pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu em rede social. Saiba mais!

Descoberta! Moedas de ouro do século 9 em Israel

As moedas de ouro foram encontradas por um grupo de jovens em Israel. O tesouro tem cerca de 1,1 mil anos. Saiba mais!

Acordo de paz histórico entre Israel e Emirados Árabes

Este é o terceiro acordo que Israel fecha com um país árabe desde a sua criação, em 1948. Saiba mais!

Descoberta! Artefatos antigos da época de Esdras e Neemias

Arqueologistas israelenses disseram que a descoberta revela o quanto Jerusalém foi danificada durante a destruição da Babilônia.

Governo israelense cancela emissora de TV cristã no país

A emissora cristã, God TV tem sete dias para interromper sua transmissão em Israel. A notificação é do Conselho de Transmissão por Cabo e Satélite de Israel

Brasil e Israel: cooperação para combate a covid-19

Israel tem um dos parques tecnológicos mais avançados do planeta e vem utilizando sua capacidade de pesquisa para conter o avanço da Covid-19 no país.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.