23.4 C
Vitória
sábado, 4 julho, 2020

Líderes árabes querem paz com Israel

Mais lidas

Flexibilização do isolamento pode ter levado 1,1 milhão de volta ao trabalho

Segundo a Pnad Covid, pesquisa divulgada pelo IBGE, de 7 a 13 de junho, a taxa de desemprego no País estava em 12,4%, ante 11,8% na semana anterior

ES: Igreja celebra aniversário com carreata, culto drive-in

Aniversário de 29 anos da Primeira Igreja Batista da Praia da Costa, em Vila Velha (ES) foi diferente. Além de uma live com o grupo Kemuel, teve a carreta da gratidão e o encerramento com o culto drive-in, com participação de Anderson Freire

Bolsonaro sanciona lei que torna obrigatório o uso de máscara

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Saiba mais! 

Desigualdades e baixo aprendizado são os maiores desafios na educação

Relatório do Inep aponta desafios para cumprir metas do PNE. Saiba mais! 

O parlamentar egípcio Mohammed Anwar Sadat,participou da reunião, ele é sobrinho do ex-presidente Anwar Sadat, assassinado por fazer as pazes com Israel em 1981

A maior parte do Oriente Médio apoia o movimento de boicotes, sanções e desinvestimentos (BDS) contra Israel. No entanto uma nova iniciativa árabe está combatendo as sanções, incentivando parcerias econômicas entre o mundo árabe e o Estado Judeu.

Líderes de 15 países do Oriente Médio vieram a Jerusalém nesta semana para denunciar publicamente o BDS. Assim, representam o Conselho Árabe de Integração Regional, composto por 32 artistas, diplomatas e líderes de países árabes.

Durante a conferência, eles assinaram uma declaração detalhando compromisso com a oposição à BDS. De acordo com Mostafa El-Dessouki e Eglal Gheita, que fazem parte do conselho, o BDS prejudicou mais o mundo árabe do que Israel.

“Eles perderam os benefícios econômicos de formar parcerias com israelenses”, argumentam.  Assim também destacam “o comércio poderia fornecer tecnologia de dessalinização para o Iêmen ressecado ou mais investimentos na Jordânia, onde as taxas de desemprego são esmagadoras”, continuam.

Os líderes acreditam que “o movimento de exclusão impediu os árabes de resolver as tensões entre israelenses e palestinos. Facções como o Hamas, receberam apoio de numerosas potências, mas os palestinos que lutam de maneira justa e pacífica para construir instituições para um futuro Estado dificilmente conseguem encontrar parceiros árabes “, disseram.

RETALIAÇÕES

O parlamentar egípcio Mohammed Anwar Sadat,participou da reunião, ele é sobrinho do ex-presidente Anwar Sadat, assassinado por fazer as pazes com Israel em 1981. Juntamente com o ex-ministro da Informação do Kuwait Sami Abdul-Latif Al-Nisf e dois líderes religiosos islâmicos importantes – Hassen Chalghoumi, clérigo tunisino e imã libanês Saleh Hamed.

Eles se uniram para denunciar o anti-semitismo e propor preencher a lacuna entre Israel e os vizinhos árabes. El-Dessouki e Gheita disseram que muitos outros queriam ficar com eles em Jerusalém, no entanto foram intimidados por seus governos.

“Para reconstruir a região, precisamos romper com essa história trágica. Para acabar com os boicotes a Israel, aqueles que acreditam na cooperação regional devem desafiar essa percepção com honestidade sobre Israel e idéias construtivas sobre o nosso futuro compartilhado”, finalizam.

*Da redação, com informações de CBN news 


LEIA MAIS

Egito abre fronteira com Faixa de Gaza 
Cantora inicia campanha para beneficiar moradores de Gaza 
Gantz não forma governo e Israel tem bloqueio político

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli