19.9 C
Vitória
segunda-feira, 22 abril 2024

Líder cristã egípcia é indicada para Prêmio Nobel da Paz

A líder cristã copta “Mama Maggie” Gobran foi nomeada para o Prêmio Nobel da Paz 2012 por seu trabalho abnegado de assistência às pessoas carentes das favelas em lixões no Cairo, capital do Egito.

Alguns congressistas enviaram uma carta ao Comitê Norueguês do Prêmio Nobel, reforçando o reconhecimento do trabalho de “Mama Maggie”. O prazo para as nomeações ao prêmio foi encerrado na semana passada.

“A senhora Gobran é uma mulher da maior integridade, e seu incansável trabalho tem servido a milhares de egípcios, incluindo inúmeras crianças. Ela deu voz aos pobres”, diz a carta remetida ao Comitê Norueguês.
Gobran é líder e fundadora do ministério Crianças de Stephen, dedicada a ajudar as famílias que vivem em favelas nos lixões do Cairo, prestação de assistência às crianças, tanto cristãs quanto muçulmanos, e ajudando comunidades rurais pobres no Alto Egito. Ela é conhecida pelos habitantes locais como “Mama Maggie” e já foi apelidada de “Madre Teresa do Cairo.”

“É através do seu profundo compromisso religioso e moral que Maggie conseguiu criar uma organização que serve à população mais pobre, desesperada e vulnerável do Egito”, diz a carta ao comitê que elege os vencedores do Prêmio. “Vestida toda de branco, Mama Maggie é quase uma presença angelical nas favelas do Egito, incorporando as virtudes da bondade, generosidade e caridade.”

- Continua após a publicidade -

Seu ministério presta serviços a mais de 25.000 famílias no Egito. Em 2010, Crianças de Estêvão ajudou comunidades por meio de 80 clínicas, 80 escolas, 65 centros de atendimento e 5 centros de formação profissional.

Os projetos são focados na prestação de serviços de saúde e educacionais para crianças residentes nas favelas do Cairo e outros locais de pobreza no Egito. Segundo o site do ministério, seu objetivo é encorajar as comunidades empobrecidas a “experimentar o amor, elevar sua autoestima e conhecer a esperança que está em Jesus Cristo”.

Gobran é uma cristã do ramo copta, nascida em uma família de classe média do Cairo. Antes de dedicar sua vida às famílias desfavorecidas do Egito, ela trabalhou como gerente de marketing e professora de ciências da computação na Universidade Americana do Cairo.

Sua vida mudou depois de uma visita às favelas do Cario, onde ficou chocada ao encontrar crianças e famílias vivendo em absoluta miséria e indigência. Ela disse que a experiência a fez ouvir o chamado de Deus para ajudar os mais necessitados.

“Não escolhemos onde nascemos, mas podemos optar em ser pecadores ou santos. Escolhermos em ser um ninguém, ou ser um herói. Se você quiser ser um herói, faça o que Deus pediu que você faça”, disse ela numa palestra do Summit de Liderança Global da igreja Willow Creek. Ela encerrou sua participação lembrando aos cristãos: “o amor verdadeiro é dar e perdoar, dar mesmo que possa doer em você”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -