19.9 C
Vitória
sexta-feira, 18 junho 2021

Leonardo Gonçalves e seu “Sentido”

Projeto reúne canções que marcaram os primeiros 20 anos da vida do artista e ainda homenageia músicos que o ajudaram em sua formação e carreira musical

Uma viagem ao passado com uma produção impecável! Um dos maiores intérpretes da musica cristã no Brasil acaba de lançar um trabalho musical memorável. O tão aguardado álbum “Sentido” chega ao mercado depois de quatro anos de produção.

Uma produção que reúne 14 músicas dos primeiros 20 anos de vida do renomado Leonardo Gonçalves.

“São ‘músicas de guerra’, que foram significativas, e marcaram as minhas primeiras décadas de vida, na infância e na adolescência. Eu quis resgatá-las, dando a elas uma nova vida”, ressalta o artista.

Gravado no Teatro Rudolfíno, em Praga, na República Tcheca, projeto, que te arranjos diferenciados, conta com duas orquestras, a Filarmônica de Praga e a Sinfônica do país. Um trabalho em forma de homenagem aos ‘mestres’ do artista.

“O objetivo desse álbum é homenagear os músicos, compositores que me formaram nos primeiros anos. É também uma celebração do meu relacionamento musical com o pianista Samuel Silva, que me acompanha desde 2004”, conta.

“Sentido”  é uma retrospectiva de Leonardo Gonçalves. “Peguei as músicas que mais me abençoaram, edifciaram ao longo dos meus primeiros 20 anos de vida e reuni em um só álbum, com uma nova interpretação, nova roupagem. Regravá-las foi muito significativo para mim”, acrescenta.

Experiência e atuação relevante

“Sentido” é o sexto álbum do artista, que em 20 anos de carreira acumula uma vasta experiência na música. Talentoso e com grande bagagem musical, o artista acumula prêmios.Além de admirado pelo público não só evangélico, está sempre em evidência. Leonardo ultrapassa os limites de sua geração.

“Eu pertenço a uma igreja tradicional, mas sou muito convidado para cantar em lugares diferentes. É uma gama variada de público. Isso é um exercício consciente para mim, de manter um diálogo e tolerância nesses ambientes. E tem haver com a minha busca de sempre enxergar o que temos em comum”, explica.

Como um músico renomado, Leonardo viu o mercado musical mudar nesses 20 anos. Passou do vinil para o CD, do CD para as lojas digitais e agora as plataformas de streaming.

“Temos suporte da gravadora, que além de se adaptar as tendências, prevê as mudanças e com isso gente se adapta com mais facilidade. Na medida do possível, sigo as orientações da Sony Music. Nosso desafio hoje como artista é tornar a música gospel mais relevante nas plataformas, pois ainda está muito aquém da música secular, mas a gente tenta se adequar de alguma forma”, diz.

O futuro

O artista ressalta que tem vários projetos para os próximos anos. Mas já adianta que será mais devagar, na mesma linhagem que segue desde que começou. Já confirmou que oito das 18 músicas que foram cantadas na live solidária em julho serão produzidas e lançadas em breve.

“Ainda não sei como farei esse lançamento, se serão como EP, álbum, audiovisual no Youtube ou áudio nas plataformas. Também pode ter participações, mas serão para 2021”, revelou.

Sem pressa para os projetos que virão, e sem falar em data, Leonardo também conta de sua intenção de lançar umas músicas antigas, que estão engavetadas. “Isso também é para o futuro, pois agora estou me dedicando em concluir o mestrado”.

Por estar vivendo na pandemia, as apresentações musicais presenciais de cantores estão paradas. “Vai demorar a contratação dos cantores. Tenho muitos planos, muito trabalho pela frente, mas estão todos nas mãos de Deus, concluiu.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se