22.1 C
Vitória
terça-feira, 23 abril 2024

Leonardo Gonçalves fala sobre o show Religare com Kleber Lucas

Foto: Reprodução

Pela primeira vez em apresentação ao vivo, os cantores interpretarão 6 canções juntos

Por Carolina Leão

Leonardo Gonçalves e Kleber Lucas estarão juntos em um show pela primeira vez, no dia 10 de junho, no Vivo Rio, Rio de Janeiro; e em Porto Alegre, no dia 15. O evento leva o nome de “Religare”, termo em latim que significa religar, unir de forma mais forte e que deu origem à palavra “religião”.

O show terá características de ineditismo em mais de um aspecto. Com essa iniciativa, o público dos cantores se une e é fortalecido. “Entendemos que há um grupo que, por fazer muito barulho, possa estar empacando nossa rotina de agendas nas igrejas como fizemos por décadas, mas também há, ainda, um público que permanece com a gente, além de novos públicos que vimos conquistando. Tem gente que sente falta de nos ver cantando ao vivo e, juntos, temos mais fôlego e força para oferecermos algo de qualidade para o nosso público. E temos a expectativa que o público dele curta também minhas canções e vice-versa… Além do fato inédito de cantarmos juntos 6 músicas nesses eventos”, afirma Leonardo Gonçalves.

Além disso, iniciativa reforçou a afinidade de ambos, que surgiu, na verdade, com o lançamento da música “Messias”, em 2022. “Evidentemente, já nos conhecíamos à distância há muito tempo, mas foi a música Messias que lançamos em outubro do ano passado que realmente nos uniu; entendemos o quanto de afinidade que tínhamos, para muito além da música, mas que também havia afinidades musicais, talvez mais do que ambos esperávamos encontrar”, constata o cantor.

- Continua após a publicidade -

Primeira gravação conjunta: música Messias

Com relação à música Messias, trata-se de uma manifestação artística com enfoque contextual e crítica ao posicionamento de parte do público evangélico no cenário político dos últimos anos. Ambos os cantores participaram desse projeto que questiona a mescla de posicionamento político à fé, bem como a representatividade de valores cristãos no governo.

“A real intenção era gerarmos um registro histórico de que houve resistência relevante de dentro do evangelicalismo a esse projeto da extrema direita de instrumentalizar a fé das pessoas para viabilizar um projeto de poder ao mesmo tempo em que tentava instrumentalizar o Estado para avançar uma agenda religiosa. Até pouco tempo atrás teria sido impensável para a maioria dos cristãos evangélicos brasileiros o tipo de uso que se fez da religião…”, explica Leonardo Gonçalves sobre seu posicionamento.

Leonardo se manifestou em relação à consequência de pessoas questionarem sua fé, devido ao fato dele se opor a um projeto político, em especial no governo anterior. “[…] A guerra entre o bem e o mal é muito real, sem dúvidas! Mas jamais pode ser reduzida de forma tão maniqueísta a uma questão política rasa; ela acontece dentro de cada um de nós todos os dias. Não entre a direita e a esquerda do espectro político. Não tinha como permanecermos calados. Há milhões de pessoas como nós que estavam sendo (e ainda são) silenciadas e hostilizadas. Considero um privilégio termos podido dar voz a estes milhões de evangélicos: 30%, ou seja, cerca de 20 milhões de pessoas”, conclui o cantor.

Apesar do contexto de repercussão polêmica e divisão de opiniões entre o público evangélico, esse fator não interfere na sequência das atividades dos artistas envolvidos na música em questão, e não alteraram o foco em propagar as músicas de suas trajetórias no segmento gospel, para além dos posicionamentos pessoais. 

Projeto Religare: descrição e expectativas

A programação consistirá na apresentação de 17 músicas. Algumas, os cantores interpretarão juntos, mas cada um terá seu bloco musical individual.

Leonardo adianta que, após essas duas apresentações, há perspectiva de dar sequência ao projeto. “Já temos em vista Belo Horizonte e Recife. Depende de uma combinação de fatores, como casa/teatro apropriados, cidades em que temos um público significativo, custos de logística… envolve muita coisa. Estamos dando um IMENSO passo de fé já começando nestes dois locais tão icônicos, mas precisamos agir também com responsabilidade” [grifo do entrevistado], conclui.

Os endereços para os shows são:

Rio de Janeiro – RJ: Vivo Rio – Avenida Infante Dom Henrique, 85, Rio de Janeiro – RJ. Data: 10 de junho de 2023. Horário: 21h.

Porto Alegre – RS: Auditório Araújo Vianna: Parque Farroupilha, 685, Porto Alegre – Rio Grande do Sul. Data: 15 de junho de 2023. Horário: 21h. 

Religare: Show ao vivo com Kleber Lucas e Leonardo Golçalves
Imagem; Divulgação

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -