21 C
Vitória
terça-feira, 20 outubro 2020

Aborto é legalizado na Irlanda

Leia também

Juiz bloqueia R$ 29 mi de Doria por ‘autopromoção’

Campos considerou que há indícios de que Doria os princípios da impessoalidade e da moralidade administrativa

Conselho de Ética: investigação contra Chico Rodrigues depende de Alcolumbre

A estratégia da cúpula do Senado é derrubar o afastamento determinado pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF)

Tebet sobre indicações ao STF: ‘problema está muitas vezes no nome apresentado’

Segundo a presidente da CCJ, "não tem uma fórmula perfeita, mas esta PEC é um pouco melhor do que aí está, sem dúvida nenhuma"

Lei foi aprovada sete meses após o histórico referendo, no qual 66,4% votaram pela legalização do aborto

O Parlamento da Irlanda aprovou nesta quinta-feira (14), um projeto de lei para a legalização do aborto no país. O texto do documento, que segue para ser sancionado pelo presidente Michael Higgins, legaliza a prática, sem condições, até a 12ª semana de gravidez, em casos de anormalidade que coloquem em risco a vida do feto ou em casos que ameacem a saúde física ou mental da mulher.

Saiba mais sobre o aborto

A lei foi aprovada pelo Parlamento sete meses após o histórico referendo, no qual 66,4% dos participantes votaram pela legalização do aborto. O resultado da votação foi considerado histórico para um país com fortes raízes católicas e de políticas conservadoras.

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, disse, através do Twitter, ser “um momento histórico para as mulheres irlandesas”. Ele agradeceu a todos que apoiaram o projeto e saudou o ministro da Saúde, Simon Harris, pela sua atuação na discussão do projeto de lei.

Harris também celebrou a aprovação da lei. “Há pouco mais de 200 dias, você, o povo irlandês, votou para revogar a oitava emenda da Constituição para que pudéssemos cuidar das mulheres com compaixão. Hoje nós aprovamos a lei para tornar isso uma realidade. Um voto para acabar com as jornadas solitárias, acabar com o estigma e apoiar as escolhas das mulheres no nosso próprio país”, disse Harris.

O chefe da Anistia Internacional da Irlanda, Colm O’Gorman, saudou a aprovação do projeto. “Celebramos a aprovação deste projeto e compreendemos totalmente totalmente a importância de sua promulgação até o final do ano, para que os serviços de aborto possam começar em janeiro. As mulheres esperaram 35 anos por isso, as violações diárias de seus direitos humanos devem chegar ao fim”, disse O’Gorman.

A Irlanda tinha uma das legislações mais restritivas da Europa em relação ao aborto. O procedimento era proibido praticamente em todos os casos. Com a nova lei irlandesa, Polônia e Malta se tornam os únicos países da Europa a proibirem o aborto.

A proibição do aborto estava determinada na 8ª Emenda à Constituição Irlandesa. A emenda proibia todo e qualquer tipo de aborto. A pena para as mulheres que interrompessem a gestação em solo irlandês poderia chegar a 14 anos de prisão.

Lei sancionada

No dia 20 dezembro, o presidente da Irlanda, Michael Higgins, sancionou o projeto de lei que legaliza e regulamenta o aborto, uma semana depois de uma votação histórica no Senado do país, que aprovou a lei por 27 a 5. Agora, o sistema de saúde irlandês passará a oferecer aborto gratuito a partir de 1º de janeiro de 2019.

*Com informações de O povo online


Leia mais

Colômbia amplia aborto até “instantes antes do nascimento”
Aborto – Protesto une evangélicos e Católicos em Curitiba
Senado derruba Lei do Aborto na Argentina

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Netanyahu sobre os cristãos: “campeões da verdade”

Primeiro-ministro participou da 4ª Cúpula Anual da Mídia Cristã em Jerusalém. Saiba mais!

Superação! Ela venceu o câncer de mama

O Desafio Superação, em prol do Outubro Rosa mobilizou mais de 1.700 mulheres de todo o Brasil. Saiba mais!

Missionária suíça é executada por extremistas em Mali

Beatrice Stöckli foi assassinada por sequestradores da organização terrorista islâmica, que atua em diversos países da África. Saiba mais!

Professor leva mensagem de esperança em clipe

Frequentador da Igreja Adventista, Eduardo Rocha também canta e decidiu compor uma música para compartilhar fé e esperança com os alunos.

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Episódios do Nossa Música Brasileira; Assista aqui!

Nossa Música Brasileira acontece em formato on-line, com episódios até o final de 2020.. Confira aqui!

Os vencedores da Billboard Music Awards 2020

Kanye West levou nove prêmios, em seis categorias. A cantora Lauren Daigle, que ganhou em três categorias do prêmio em 2019, venceu esse ano como melhor artista cristã.