back to top
27.9 C
Vitória
domingo, 23 junho 2024

Leclerc diz que Interlagos é sua pista favorita, mas admite dificuldades em SP

Leclerc diz que Interlagos é sua pista favorita, mas admite dificuldades em SP - Foto: Reprodução
Leclerc diz que Interlagos é sua pista favorita, mas admite dificuldades em SP - Foto: Reprodução

Apesar da preferência por Interlagos, o piloto da Ferrari não costuma ter sucesso em São Paulo. Em 2018, em sua estreia no circuito, terminou em sétimo

A proximidade entre Charles Leclerc e o Brasil não se restringe a Ayrton Senna. O fã declarado do tricampeão mundial também tem uma relação especial com o Autódromo de Interlagos, o seu circuito favorito na Fórmula 1. O piloto da Ferrari, contudo, admite que precisa melhorar seu rendimento no GP de São Paulo. Em três corridas disputadas no circuito pela F-1, ele ainda não passou do quinto lugar.

“Eu gosto muito de Interlagos. É a pista que eu sempre escolhia quando eu era mais novo e jogava PlayStation”, disse o piloto de Mônaco, ao ser questionado pelo Estadão. Para Leclerc, a parte mais divertida do traçado é o “S do Senna”.

“O que mais gosto são as curvas, que são muito específicas para esta pista. É muito, muito legal de pilotar, você percebe a pressão aerodinâmica. É muito especial. A minha parte favorita do traçado são as primeiras três curvas, muito técnicas.”

Apesar da preferência por Interlagos, o piloto da Ferrari não costuma ter sucesso em São Paulo. Em 2018, em sua estreia no circuito, terminou em sétimo. No ano seguinte, protagonizou um dos momentos mais constrangedores da temporada do time italiano ao se chocar com Sebastian Vettel, então companheiro de time. Os dois precisaram abandonar. E, em 2021, ficou em quinto.

- Continua após a publicidade -

“Vou dar tudo que puder para poder mudar isso. Não apenas para chegar ao pódio, mas para conquistar a vitória. Estamos fazendo uma temporada boa, apesar das questões que vem aparecendo nos domingos”, comentou Leclerc, ciente das dificuldades da Ferrari ao longo da temporada.

A equipe italiana costuma brilhar nos treinos aos sábados, mas exibe campanha irregular nas provas, geralmente por erros internos ou decisões equivocadas dos pilotos na pista. “A temporada vem sendo muito competitiva, mas chegando aos domingos nós cometemos alguns erros. Nas últimas etapas, tentamos otimizar nosso pacote e tentamos buscar a vitória. Aqui em São Paulo as corridas são sempre imprevisíveis, por causa do tempo. Espero que possamos maximizar nossa corrida para tentar a vitória.”

Diante das seguidas decepções em 2022, Leclerc admite que já pensa em 2023, faltando ainda duas corridas para o fim do campeonato – a despedida será em Abu Dabi, no dia 20. Porém, garante que ainda acredita no vice-campeonato. Ele ocupa o terceiro lugar do Mundial de Pilotos, apenas cinco pontos atrás do mexicano Sergio Pérez, da Red Bull.

“Minha mente está mais focada no ano que vem. Mas é claro que vamos fazer tudo que for possível para vencer as duas corridas que faltam. Ainda quero terminar o ano em segundo lugar”, projetou.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -