15.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 maio, 2020

Kevin Sorbo, que interpretou o Hércules da TV, diz que “cristãos são atacados em Hollywood”

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Toffoli tem resultado negativo em novo exame para coronavírus

Toffoli fará novos exames para descartar 1 falso negativo. Ele foi internado no sábado (23) para realizar uma cirurgia de drenagem de abscesso

Empresários de mais de 100 festivais de música do país assinam manifesto

Grupo se mobiliza para abrir rodas de discussões em busca de saídas e acompanhar a tramitação da Lei de Emergência Cultural no Congresso

Entenda as diferenças entre a caminhada e a corrida

Quem está fora de forma deve iniciar pela caminhada, mas não precisa obrigatoriamente seguir para a corrida com o passar do tempo.

Ministério da Saúde orienta construção de hospitais de campanha em último caso

O Ministério da Saúde divulgou as regras de financiamento para a construção de novos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

O ator norte-americano Kevin Sorbo, que é conhecido no Brasil por ter interpretado Hércules na famosa série de TV produzida nos anos 90, é sempre lembrado pela mídia nos Estados Unidos por seu lado cristão, e por suas fortes declarações sobre sua fé.

Recentemente, o ator causou polêmica em uma entrevista à CNSNews, na qual descreveu como que concilia o cristianismo com a fama, e afirmou no mundo dos famosos em Hollywood você pode sofrer preconceito por ser cristão.

“Eu acho que ser um conservador em Hollywood ou ser um cristão em Hollywood, você é atacado”, destacou o ator, cujo mais recente papel que teve destaque no Brasil foi o do professor Jeffery Radisson, no filme “Deus Não Está Morto” (God’s Not Dead, no original em inglês).

De acordo com Sorbo, a imprensa prefere abafar determinados assuntos para priorizar outros não tão relevantes. “É tão estranho para mim que a mídia se senta para proteger as coisas que protegem, ou ignorar as coisas que ignoram, e vão atrás de histórias como aquecimento global [por exemplo], tratando como mais importante do que está acontecendo no mundo agora com estes terroristas”, afirmou o ator.

Kevin destacou que o polo de filmes de Hollywood perde a oportunidade de investir em filmes cristãos, por existir um grande público interessado, e fica preocupado apenas com o show business. “Se nós entregarmos uma mensagem elevada e clara o suficiente, e se as pessoas começarem a apoiar filmes como estes [cristãos], que têm uma boa mensagem, que toda a família pode assistir, pois não são bregas, que não são de quinta categoria, que tem uma boa história, atuação, roteiro, produção e fotografia, então esses filmes merecem apoio”.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Em breve, primeiro single de Kemuel Worship Filhos: Lado B

“Algo Novo”, com participação especial de Lukas Agustinho, é o primeiro single do novo projeto de Kemuel 

Daniel Júnior canta “Deus cuida de mim”

Gerado em momento de dor, novo single de Daniel Junior está disponível nas plataformas de streaming, Ouça a canção!

Após saída do Ministério Zoe, Thamires Garcia em nova fase

Thamires Garcia anunciou sua saída do Ministério Zoe em janeiro para seguir carreira solo

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel