Inocente: Justiça decide a favor de Felipe Heiderich

Após dois anos da acusação de pedofilia feita pela ex-mulher Bianca Toledo, Felipe foi inocentado pela Justiça.

A decisão foi tomada na última sexta-feira, dia 05 de abril, pelo Juiz Tiago Fernandes de Barros, da 17ª Vara Criminal da Comarca da Capital, no Rio de Janeiro. Mas foi pela página do Facebook de Leandro Meuser Advogados que a notícia foi dada. 

“Infelizmente não podemos postar a sentença completa, por se tratar de processo com segredo de justiça. Mas confirmamos que atendendo a pedido da defesa e do próprio Ministério Público, Felipe G. Heiderich Segundo foi absolvido de todas as acusações”.

Em contato com o advogado Dr Leandro Meuser, ele confirmou à Comunhão a absolvição de seu cliente, e reiterou que foi prolatada após a defesa e o Ministério Público pedirem a absolvição.

O responsável pela defesa de Felipe nos explicou ainda não é possível ter a sentença total, por que o caso envolve uma criança. No prazo de cinco dias, ainda cabe recurso.

Em suas redes sociais, Felipe postou um “desabafo”: “Sempre foi inocente”. Em contato conosco afirmou que ainda não consegue definir com clareza o sentimento.

“Acho que a ficha ainda não caiu. Foram três anos de tanta dor, dia após dia, que o salmista expressou bem ao dizer: quando o Senhor restaurou a nossa sorte ficamos como quem sonha. Acho q é isso, estou como quem sonha.”, declarou Felipe.

O Caso

Bianca Toledo e Felipe Heiderich formavam o casal de pastores que protagonizou uma das maiores polêmicas no meio evangélico no ano de 2016.

Naquele ano, Bianca Toledo acusou o então marido de ter violentado sexualmente o seu filho, uma criança de apenas cinco anos de idade, fruto de seu primeiro casamento. Ela publicou um vídeo, em julho de 2016, denunciando que Felipe, que era pastor e presidente da Associação Mundial de Evangelização e Ensino (AME),  havia confessado ser homossexual.

Em outros vídeos seguintes Bianca Toledo o acusou de ter cometido crime de abuso sexual contra o filho, e também de ser satanista. Felipe Heiderich foi preso. Mas, por insuficiência de provas, o pastor foi liberado. E o processo continuou correndo em segredo de Justiça.


Leia Mais

Bianca Toledo vai à delegacia depor sobre acusações de Felipe Heiderich
Felipe Heiderich fala pela primeira vez após sair da prisão
Felipe Heiderich rebate acusações de Bianca Toledo