24.4 C
Vitória
terça-feira, 9 agosto 2022

Jubileu da rainha Elizabeth II: conheça a origem bíblica da celebração

Rainha Elizabeth II Foto: Divulgação

O Jubileu de Platina comemora os 70 anos de reinado de Elizabeth II e tem origens cristãs.

Por quatro dias, de 2 a 5 de junho, o Reino Unido celebrou o Jubileu de Platina, que comemora os 70 anos de reinado de Elizabeth II. Embora muitos associem o jubileu à Família Real, sua origem está na Bíblia.

De acordo com o site oficial da Família Real Britânica, as origens do jubileu da Rainha são cristãs.

“No Antigo Testamento, um jubileu era marcado a cada sete anos. Inicialmente, os jubileus simplesmente forneciam uma estrutura prática para o manejo da terra, pois a cada sete anos, a terra era deixada em repouso”, explica a publicação.

“Com o tempo, porém, os jubileus adquiriram um significado maior, com a crença de que o ano do jubileu era especial, quando Deus seria particularmente generoso. Jesus se descreveu como quem viria ‘pregar o ano da graça do Senhor’ (Isaías 61: 1-2) no ano do jubileu”, acrescenta.

A celebração dos anos de jubileu começou no início do reinado do Rei George III, em 25 de outubro de 1809. O rei e outros membros da família real participaram de um culto em Windsor, enquanto em Londres, um culto de ação de graças com a presença do prefeito foi realizado na Catedral de São Paulo.

Desde o início da tradição até os dias atuais, as igrejas britânicas têm feito parte desta celebração. Na Inglaterra, muitas denominações se prepararam para a festividade, com luzes, bandeiras, sinos e música, informou o site Christian Today.

Muitas igrejas fazem seus próprios cultos de ação de graças e participam das celebrações de outras maneiras, sempre com o tema do jubileu bíblico.

Para o reverendo Robert Atwell, que atua como bispo da cidade de Exeter, o aniversário de platina do reinado de Elizabeth tem um simbolismo nobre.

“Sua constância em momentos de pressão e dificuldade, bem como em momentos de alegria, tem sido exemplar”, observa Atwell. “O serviço público, o dever e uma fé cristã devota continuam a ser marcas registradas do reinado da rainha Elizabeth. Sua confiança em Jesus Cristo é central em sua vida.”

Ele também pediu orações pela monarca: “Ao celebrarmos o Jubileu da Rainha, oremos por graça para construir comunidades de confiança, serviço e justiça, dignas não apenas de nossa Rainha, mas do Deus que, em Jesus Cristo, nos promete o dom da vida em abundância”.

Por Lilia Barros, com informações do Guia-me

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se