26 C
Vitória
terça-feira, 18 janeiro 2022

Jovens são perseguidos e não negam sua fé em Jesus

Conheça a nova geração de cristãos na Ásia Central e entenda mais sobre seu passado histórico na União Soviética

Por Victor Rodrigues 

Aumenta a perseguição experimentada por jovens cristãos em países da Ásia Central. Os acontecimentos da história recente na região tiveram grande influência na vida dos cristãos locais. Conheça o testemunho de jovens que se decidiram por Cristo apesar da grande pressão e rejeição associadas ao cristianismo.

Um deles é Adil*, que atualmente está com 21 anos. Ele conheceu a Cristo ainda criança e, ao entrar para o exército, decidiu levar sua Bíblia. Diariamente, o jovem orava e lia as Escrituras, mas isso teve um custo. Ele foi severamente agredido, precisando ser hospitalizado. Mesmo após ter alta, a pressão por ser cristão não acabou. Seu superior tentou convencê-lo a abrir mão da fé, mas o jovem não recuou. Dessa vez, ao ser humilhado por um superior, o cristão recebeu auxílio dos demais soldados, que antes o agrediram.

Também é possível conhecer a história de Eldos, um jovem do Quirguistão. Ele teve sua casa invadida e foi agredido por servir a Jesus. O jovem precisou de muitos tratamentos médicos e teve que fugir para outro país para se manter em segurança. Depois de um período fora, Eldos decidiu voltar para casa, apesar dos riscos.

A última história apresenta duas irmãs que se tornaram alvo de rapazes pelo simples fato de serem seguidoras de Jesus. A mais velha, de 16 anos, foi atacada por dois rapazes que queriam violentá-la sexualmente, mas a mais nova, de 12 anos, decidiu proteger a irmã. O resultado disso foi uma agressão tão violenta que ela perdeu todos os dentes. A equipe da Portas Abertas auxiliou a jovem na questão médica e de aconselhamento pós-trauma.

Já o casal, Murat* e Mira*, que lideram uma igreja doméstica em um país da região, compartilham sobre como deram início a um trabalho específico para jovens. Apesar das dificuldades eles compartilham sobre os frutos resultados do trabalho. O projeto do mês permite que jovens de países da Ásia Central recebam educação sobre a vida cristã, identidade e propósito em Cristo.

Com informações de Portas Abertas 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se