18.9 C
Vitória
quinta-feira, 29 julho 2021

O exemplo de jovens cristãos no combate à dengue

Em Palhoça (SC), jovens cristãos, do projeto Missão Calebe, da Igreja Adventista, fizeram uma campanha contra a dengue. Eles alertaram população sobre a proliferação do mosquito

Por Priscilla Cerqueira 

Apesar de todas as atenções estarem voltadas para o coronavírus, nessa época do ano, uma doença que precisamos ficar de olho nela é a dengue. Os focos do mosquito transmissor são mais frequentes em janeiro. Em Palhoça (SC), jovens cristãos do projeto Missão Calebe colocaram mãos na massa para ajudar no combate ao mosquito.

A Prefeitura da cidade abraçou a ideia e disponibilizou folders, faixas, luvas e todo o material necessário para alertar a cidade sobre a doença. Ao todo, 30 jovens participaram da ação e recolheram cerca de 25 sacos grandes de lixo com itens que poderiam acumular larvas do mosquito.

“Também providenciamos a retirada de água parada nas casas do bairro. Certamente não recolhemos tudo o que gostaríamos, mas nossa maior esperança é que a comunidade se mobilize e se conscientize com o exemplo dos jovens”, explica Mayara Pereira Rosa, coordenadora do grupo no bairro Jardim Eldorado.

Os moradores atendidos ainda foram convidados para um programa espiritual. “Um ajudando o outro e fazendo o bem para o próprio bairro. Isso também é mostrar o amor de Cristo”, conclui Mayara.

Calebes-Dengue
Foto: Divulgação Notícias Adventistas

Missão calebe

Todo ano, no mês de janeiro, jovens adventistas de todo o Brasil trocam o período de férias para se dedicar ao evangelismo e ao trabalho voluntário nas comunidades. Eles fazem parte do projeto “Missão Calebe”. Uma das ações é a conscientização das doenças de verão.

Limpar as ruas, fazer a coleta do lixo e orientar os moradores são algumas das ações que fazem parte do trabalho. O projeto teve início na Bahia a partir do desejo de três jovens em dedicarem suas férias ao Senhor. Mas, hoje, o trabalho foi ampliado para toda a América do Sul.

“A igreja tem uma grande força grande na promoção da conscientização de seus membros e, como consequência, contribuir com a melhoria da qualidade de vida nas comunidades. O Poder Público pode e deve firmar essa parceria com as igrejas que estão sempre dispostas a contribuir”, conclui o pastor José Venefrides, que coordena a juventude adventista dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se