24.9 C
Vitória
sexta-feira, 21 janeiro 2022

Testemunho: O jovem que transformou a prisão em igreja

Sentença-de-88-anos
Foto: Reprodução/ Youtube

Chris Wilson, um jovem, filho de pastor, que foi condenado a 88 anos pelo crime de outra pessoa, nos EUA, mas resolveu fazer diferente. Ele transformou a prisão em igreja

Já pensou ser condenado a 88 anos de prisão? Foi o que aconteceu com o jovem Chris Wilson, nos EUA. Filho de pastor, sempre foi um bom garoto, inteligente, popular e um artista de rap em ascensão. Tinha um grande futuro pela frente, até, aos 18 anos, um evento inesperado destruiu seus sonhos.

Em 15 de maio de 2002, o amigo de Chris disparou vários tiros com o carro em que estava. Ele não achou que isso prejudicasse ninguém. Porém, 30 minutos após os tiros, ele recebeu uma ligação informando que a vida de um jovem havia sido tirada.

No dia seguinte, a polícia prendeu Chris e seu amigo por assassinato. As autoridades o levaram a um centro de detenção juvenil em Danville, na Virgínia, aguardando seu julgamento por um crime que não cometeu.

A mudança

E enquanto estava sentado ali, um guarda lhe entregou um livreto com o Evangelho de João. Então ele leu, e naquela mesma noite, ele dedicou sua vida a Jesus. Também pediu ajuda a Deus para tirá-lo da terrível situação.

Enquanto isso, o amigo de Chris admitiu que agiu sozinho. Foi condenado por homicídio de segundo grau. Seu advogado presumiu que as acusações seriam retiradas e não formou uma defesa.

Então, quando Chris foi a julgamento, os promotores estavam ansiosos para obter outra condenação. Como resultado, apesar de sua inocência, os promotores o condenaram o 88 anos por assassinato em primeiro grau.

Apesar do que aconteceu, os pais de Chris confiaram em Deus e apelaram várias vezes pela inocência de seu filho. E cada vez, eles foram negados.

Transformação

Ao invés de Chris ficar com raiva e amargura, o jovem escolheu aproveitar ao máximo seu tempo na prisão. “O que quer que eu estivesse fazendo, eu iria servir a Deus. Eu sabia que deveria agregar valor às pessoas. Isso é o que tive a chance de fazer na prisão”, disse.

Assim, como um seguidor dedicado de Cristo, Chris conduziu estudos bíblicos na prisão e se tornou um pastor interno. Além disso, quebrou o recorde de número de batismos na história do departamento de correções do estado da Virgínia.

Confira o testemunho aqui (em inglês)

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se