23.9 C
Vitória
sábado, 27 novembro 2021

Joanne Moody alerta a igreja a olhar para as gerações mais jovens

Deus está convocando os cristãos, segundo a pregadora, para ministrar sobre as gerações mais jovens como pais e mães espirituais

Por Patricia Scott

Pela primeira vez no Brasil, a conferência “Voz dos Apóstolos 2021” está acontecendo em São Paulo, São José dos Campos, até sábado (9). Um dos pregadores do evento, Joanne Moody, fundadora do ministério Agape Freedom Fighters, ministrou sobre a atuação do Senhor nas gerações.

Ela destacou que a Igreja, como Corpo de Cristo, é multigeracional. No tempo atual, de acordo com Joanne, Deus está convocando os cristãos para ministrar sobre as gerações mais jovens como pais e mães espirituais e, assim, reconhecer o poder da família do Reino.

Dentro desse contexto, na visão da pregadora, é preciso que as gerações mais velhas compreendam o que é valorizado pela geração mais jovem, composta por Millennials, Z e Alfa. Somente dessa forma, as gerações mais velhas aprenderão como despertar espiritualmente a futura geração de cristãos.

“Não do jeito antigo, porque isso foi para o tempo anterior. Deus está fazendo algo novo. Eles não dão valor ao que nós damos, mas isso não faz deles menos importantes, porque eles são o futuro da Igreja”, destacou Joanne Moody.

Joanne destacou a importância dos jovens serem ouvidos – Foto: Reprodução

As gerações dos Millennials, Z e Alfa, que compartilham os mesmos valores, estão à procura de uma família que possam ter voz, contribuir e influenciar, de acordo com Moody.  “Eles não virão e ficarão nas nossas igrejas, a não ser que se sintam como uma família e a não ser que, de alguma forma, eles tenham voz. Se a minha geração não reconhecer a glória de Deus nas gerações mais jovens, nós vamos perdê-las”, enfatizou a pregadora.

Joanne Moody salientou ainda que o inimigo está trabalhando, como raposinhas nas vinhas, para convencer uma geração de que o Senhor não existe e que Ele não a ama. “O que está acontecendo? As raposas estão vindo para destruir a glória de Deus numa geração. E o que o Senhor disse? ‘Vai e pregue a minha glória de volta!’”.

É necessário que a Igreja de hoje, no entendimento de Joanne, entregue sua vida para a próxima geração, incluindo-a na família espiritual.

“Não há mais espaço para ser apenas sobre nós. Dê a eles voz, mesmo quando eles erram, mesmo quando não sabem o que estão fazendo. Não podemos desistir daquilo que não temos”, alertou Joanne Moody.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se