back to top
23.8 C
Vitória
terça-feira, 23 DE julho DE 2024

Jesus Culture lança “Love Has a Name”

“Tanto crescimento ocorreu em nossa comunidade nos últimos anos. Nós experimentamos e caminhamos mais juntos, então eu acredito que as canções de adoração são muito mais profundas! ", avalia Katie

A banda Jesus Culture apresentou o disco “Love Has a Name” na última sexta-feira (11).

Jesus Culture lança “Love Has a Name”

O projeto, que está sendo distribuído mundialmente pela Capitol CMG, foi gravado na igreja na qual o grupo faz parte em Redding, na Califórnia (EUA). O álbum, que conta com a participação dos vocalistas Kim Walker-Smith, Chris Quilala, Bryan e Katie Torwalt e Derek Johnson, sucede “Let It Echo”, disco de inéditas lançado em 2016 e que alcançou a décima sexta posição na Billboard norte-americana.

Chris Quilala explica a ideia em torno do disco, em entrevista dada a Jesus Freak Hideout. “Todos os dias somos confrontados com a negatividade na mídia e no mundo. É tão importante para nós, a igreja, sermos uma luz na escuridão e um farol de esperança e alegria. ‘Love Has a Name’ é sobre declarar quem é Deus. É uma forte proclamação de seu nome, o nome acima de todo nome.”

Desde 2006, ano em que foi lançado o primeiro disco da banda, Jesus Culture vive um sucesso mundial. Recentemente, o grupo até gravou um álbum em português. Katie Torwalt faz uma avaliação da maturidade alcançada pelo conjunto juntamente com a igreja local.

“Tanto crescimento ocorreu em nossa comunidade nos últimos anos. Nós experimentamos e caminhamos mais juntos, então eu acredito que as canções de adoração são muito mais profundas! O relacionamento é tão importante no Reino e isso é algo que estamos buscando como igreja agora. Acreditamos que a criatividade flui de um lugar de conexões saudáveis.”

- Continua após a publicidade -

Kim-Walker Smith ainda falou do impacto do repertório na igreja local. “Foi muito divertido ouvir o feedback positivo da nossa igreja sobre as novas músicas. Eles ficaram realmente entusiasmados e também sentiram que as músicas realmente expressam o tempo em que nos encontramos como uma comunidade”, afirmou.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -