Jerome Flynn: “Fui transformado”

Foto: Reprodução

O ator, que é embaixador da organização cristã “Visão Mundial”, relatou histórias dramáticas de crianças que foram sequestradas por grupos extremistas. “Me senti inspirado pela determinação delas de encontrar a felicidade”, disse

Conhecido pela série “Game of Thrones”, o ator inglês Jerome Flynn realizou uma visita missionária ao Sudão do Sul, na África, no último mês. O ator, que é da Igreja Anglicana, é embaixador da organização cristã “Visão Mundial”, ficou comovido ao ouvir histórias de crianças que lutaram na guerra civil país.

Flynn disse que ele foi “transformado para sempre” ao ouvir as histórias das crianças, que foram sequestradas por grupos armados, que as forçaram a lutar e matar pessoas. Muitas delas recebem ajuda da ONG para curar do trauma de suas experiências resultantes da longa guerra civil.

Pelo menos 400 mil pessoas foram mortas no conflito. Segundo Visão Mundial, 19 mil crianças foram forçadas a participar de grupos armados. “As crianças me contaram sobre horrores inimagináveis ​​que tinham visto e experimentado. Muitos perderam mães, pais, irmãos e irmãs e foram forçados a fazer escolhas que nenhuma criança deveria ter que fazer, apenas para sobreviver”, disse Flynn.

O ator conta que conheceu “famílias despedaçadas por causa do conflito e conversei com pais que tiveram filhos e filhas arrancados deles. As histórias deles sobre o que tiveram que suportar era dolorosa demais para suportar”.

Ajuda

Apesar das tragédias humanas, Flynn disse que havia pequenos sinais de esperança em “um país dilacerado pela guerra”, entre as crianças e famílias afetadas, que ele chamou de “resilientes”. E acrescentou.

“Fiquei impressionado com a capacidade de resistência das crianças, me senti humilhado pelo espírito delas e inspirado pela determinação de encontrar a felicidade. Eu vi como a guerra custa às crianças sua inocência, mas nem sempre destrói suas infâncias. A bravura das crianças que conheci permanecerá comigo para sempre.”

Diante de tudo o que viu, ele concluiu. “É preciso ajudar urgentemente para proteger as crianças de mais violência. Infelizmente, existem milhares de crianças em todo o mundo que precisam de apoio agora. Por favor, dê generosamente para ajudá-las. Fiquei impressionado com a capacidade de resistência das crianças. Me senti humilhado pelo espírito delas e inspirado pela determinação de encontrar a felicidade”.

*Com informações de Christian Post 


Leia mais

Transformação social a partir da Igreja
Bruna Marquezine em viagem missionária à África