25.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 outubro 2021

Itamaraty presta solidariedade aos EUA e repudia terrorismo

Em nota, o Itamaraty lembrou que três brasileiros estiveram entre os mortos e feridos pelos ataques de 11 de setembro e classificando-os como “crime injustificável”

Por Cícero Cotrim (Agência Estado)

O Ministério das Relações Exteriores prestou solidariedade às vítimas, ao governo e à população dos Estados Unidos neste sábado, em nota sobre os 20 anos dos ataques às Torres Gêmeas e ao Pentágono de 11 de setembro de 2021.

No texto, a pasta lembrou que três brasileiros estiveram entre os mortos e feridos pelos ataques e repudiou atos de terrorismo, classificando-os como “crime injustificável”.

“Durante seu décimo-primeiro mandato como membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em 2022-2023, o Brasil continuará a atuar na prevenção e na resolução de ameaças à paz e segurança internacionais, inclusive o terrorismo, de acordo com os princípios consagrados na Carta das Nações Unidas”, diz a nota.

Barroso

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, usou as redes sociais neste sábado para lamentar os ataque às Torres Gêmeas e ao Pentágono.

“20 anos atentados de 11/9, triste momento da história recente. Duas lições: 1. O terror, como a violência em geral, nada constrói. 2. Não se leva iluminismo e democracia a nenhum lugar do mundo com tropas, mísseis e tanques. Educação, cultura e justiça são as armas certas”, escreveu o ministro, no Twitter.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se