24.4 C
Vitória
quinta-feira, 2 dezembro 2021

Israel: Bênção sacerdotal atrai milhares de pessoas

Foi a primeira vez que o público se reuniu desde que a pandemia começou. A tradicional Benção sacerdotal acontece em Jerusalém, no Muro das Lamentações

Por Priscilla Cerqueira 

Pela primeira vez desde a eclosão da pandemia covid-19, milhares de pessoas participaram da tradicional Birkat Kohanim (Bênção Sacerdotal) no Muro das Lamentações, em Jerusalém na manhã de segunda-feira, 29.

No ano passado, o evento foi virtual, mas desta vez as pessoas puderam ir ao próprio Muro das Lamentações. “Tivemos o privilégio de ser abençoados com a presença de muitas pessoas, já que diz ‘A glória do rei está em uma multidão de pessoas’”, disse um comunicado à imprensa da Western Wall Heritage Foundation.

Estavam presente os rabinos-chefes de Israel, o Ministro de Assuntos Religiosos, o Rabino Yaakov Avitan, o prefeito de Jerusalém Moshe Leon e o Ministro Adjunto do Interior MK Yoav Ben Zur.

Na terça-feira, 30, o evento foi repetido para quem não pôde comparecer no dia anterior, e também para evitar a superlotação no local. O Birkat Kohanim foi transmitido ao vivo.

Oração pela crise do mundo

O Rabino Shmuel Rabinowitz, falou das promessas de Deus para Israel e afirmou que a oração por Israel e pela saúde do mundo é necessária. Citou o livro de Números que diz: “O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante o semblante sobre você e lhe dê paz ”.

Essa palavra dada por Deus a Moisés e Aarão para abençoar os filhos de Israel é frequentemente usada no judaísmo nas orações. No final do culto Rabinowitz orou em especial para que a pandemia acabasse no mundo e também agradeceu pela crise do coronavírus ter diminuído em Israel. Este ano a volta da celebração da Birkat Kohanim marca 50 anos,

*Com informações de CBN News

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se