17.7 C
Vitória
segunda-feira, 27 junho 2022

Irã condena homem cristão a 10 anos de prisão por “culto doméstico”

Foto: Reprodução

Ele foi condenado por agir “contra a segurança nacional”

Por Victor Rodrigues 

O cristão iraniano-armênio, Anooshavan Avedian, 60, foi condenado a 10 anos de prisão no Irã. Ele é acusado de estabelecer uma igreja em sua casa que o juiz chamou de “propaganda contrária à religião do Islã”.

De acordo com o “Artigo 18”, organização do Reino Unido que promove liberdade religiosa no Irã, outros participantes, Abbas Soori, 45, e Maryam Mohammadi, 46, receberam multa de US$ 2.000,00 e proibição de 10 anos de participar de grupos sociais ou políticos.

Eles receberam medidas punitivas no Tribunal Revolucionário de Teerã chefiado pelo Juiz Afshari por “organizar e administrar uma igreja evangélica ‘sionista'”, agir “contra a segurança nacional” e “manter antenas parabólicas e receptores”.

Defesa da Fé

Segundo o “Artigo 18” na última década as autoridades do Irã fecharam quase todas as igrejas que ofereceram serviços em persa, a língua nacional, ou insistiram que ensinassem apenas nas línguas étnicas minoritárias.

“Grupos de casas formados por convertidos de origens muçulmanas são frequentemente invadidos, e tanto seus líderes quanto membros foram presos, processados e condenados a longas penas de prisão por ‘crimes contra a segurança nacional'”. 

Descoberta do caso 

O caso veio à tona recentemente. Os cristãos foram presos pela primeira vez em agosto de 2020, quando cerca de 30 agentes de inteligência invadiram uma reunião privada na casa de Avedian em Narmak, nordeste de Teerã. Na prisão Evin de Teerã, nesse tempo, os três foram submetidos a tortura psicológica durante várias intensas sessões de interrogatório. 

A República Islâmica é classificada como o 9° pior país do mundo quando se trata de perseguição cristã, de acordo com a Lista de Observação Mundial do Portas Abetas USA.

*Com informações do The Christian Post. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se