back to top
24.4 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Ipec: 55% dos brasileiros acreditam que Lula fará governo melhor que Bolsonaro

Lula promete reforma tributária do consumo no 1º semestre e garante mudança no IR - Foto: Marcelo Camargo
Lula promete reforma tributária do consumo no 1º semestre e garante mudança no IR - Foto: Marcelo Camargo

Apesar da positividade de 55% dos cidadãos, o presidente Lula ainda provoca a desconfiança de 41% dos brasileiros

O terceiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou com grandes expectativas por parte da população brasileira. Para 55% dos 2 mil entrevistados ouvidos em pesquisa Ipec divulgada nesta segunda-feira, 16, o petista fará um governo melhor do que Jair Bolsonaro (PL). O levantamento também mostra que, para 14%, a gestão Lula 3 deve ser igual à do ex-chefe do Executivo. Já 25% acreditam que o novo governo será pior que o anterior.

Segundo a pesquisa Ipec, 64% dos brasileiros acreditam que o País está no caminho certo com a liderança do petista e os anúncios de sua nova gestão. Na outra ponta, 26% dizem que o Brasil está no caminho errado. Uma parcela de 9% dos entrevistados não respondeu.

Mesmo com uma parcela de dois terços da população acreditando que o País está no caminho certo, o presidente Lula ainda provoca a desconfiança de 41% dos brasileiros. Os que confiam no petista representam 54%. Não sabem ou não responderam foram 4% dos entrevistados.

Os dados indicam a persistência da fragmentação que marcou a campanha eleitoral e o próprio resultado das eleições, com a vitória apertada de Lula. O cenário de divisão foi tema de seu primeiro discurso após o segundo turno. “A partir de 1.º de janeiro de 2023 vou governar para 215 milhões de brasileiros e brasileiras e não apenas para aqueles que votaram em mim. Não existem dois Brasis, somos apenas um único povo, uma nação. É hora de reunir de novo as famílias, refazer os laços de amizade rompidos pela propagação criminosa do ódio. A ninguém interessa viver num país em permanente estado de guerra”, afirmou.

- Continua após a publicidade -

O início do governo, porém, foi marcado pela invasão das sedes dos três Poderes por golpistas, agravando o conflito. Embora a pesquisa tenha sido aplicada também depois dos acontecimentos do dia 8, o levantamento não chegou a tratar do ataque. A coleta de dados foi realizada entre os dias 6 e 10 de janeiro de 2023 e incluiu entrevistas a 2.000 brasileiros com mais de 16 anos. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos A taxa de confiança é de 95%.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -